CEO da PlayStation diz “Não há cenário” para a compatibilidade dos consoles rivais

CEO da PlayStation, diz que não há possibilidade de os dois consoles rivais, terem jogos com compatibilidade.

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Tuitar isso
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Em abril, as empresas Sony e a Microsoft ,fizeram um anúncio em que firmaram uma nova parceria estratégica de jogos que fará com que os “rivais” se unam para plataformas de entretenimento direto ao consumidor, com soluções de inteligência artificial e, sendo mais notavel, nas novas experiências de jogos baseados nos armazenamentos em nuvem.
A colaboração foi feita entre a Microsoft e a Sony, e não com suas divisões de jogos especificamente. No entanto, nem a divisão de jogos sabia muito sobre a negociação, ate o ato. Com isso, ainda foi um anúncio interessante, surpeendendo muitos, podendo sugerir uma maior colaboração entre as duas no futuro.

“Trabalhando juntos, as empresas pretendem oferecer novas experiências de entretenimento mais aprimoradas para seus clientes em todo o mundo ;…Esses esforços também incluirão, a criação de melhores plataformas de desenvolvimento para a comunidade de criadores de conteúdo” disse a Microsoft na época.

Dito isso, pensamos que isso significa que o PlayStation e o Xbox estão se recuperando, bem, eles não estão. Durante uma entrevista recente com o Financial Times,o chefe da PlayStation Jim Ryan, chegou a de dizer que “não existe cenário” em que as duas plataformas se combinam.
“Há n meu conhecimento. . . nenhum cenário onde as plataformas PlayStation e Xbox combinam ”, disse Ryan. “As duas plataformas permanecerão separadas, com suas próprias identidades, marcas e fãs separados.”
Como podemos ver, Xbox e PlayStation não vão unir forças tão cedo. Na verdade, eles provavelmente nunca irão unir forças. Ryan também mencionou por que a compatibilidade retroativa é tão importante, algo que ele nem sempre costumava pensar. Em suma, ele não viu o valor em tudo. Mas agora Ryan acha que é algo importante, especialmente para a transição entre as gerações de consoles.
“O mundo da rede muda tudo”, disse Ryan. “Quando tudo está em rede e todos estão conectados e todos são amigos, a oportunidade – com compatibilidade retroativa – de migrar essa comunidade de maneira mais eficiente é mais atrativa para os jogadores e para nós do que em qualquer outro momento do passado”.
Então, depois desses comentários, vocês acham que o PlayStation e o Xbox vão se unir para dominar o mundo dos games? Esse crossover, das duas maiores empresas de jogos e consoles, é válido?
Vamos aguardar, se o jogo vai mudar e teremos a união das grandes marcas, ou se permanecerão separadas.

Versão "Rise" 5.0.1 beta - Crafted with ❤ by @mattzbarbosa
© 2018. O Mestre da HQ - O seu portal de conteúdo Geek