Série de Juíz Dredd está em desenvolvimento

Juiz Dredd ganha uma nova chance de retornar para uma tela próxima de você — mesmo que seja uma chance bem menor.

A Entertainment Weekly  reporta que Jason Kingsley e Chris Kingsley, proprietários do estúdio baseado no Reino Unido, Rebellion Developments (que também acontece de ser a companhia por trás da série de jogos Sniper Elite), vão ser produtores executivos de uma série de TV de Juiz Dredd com Mark Stern e Stuart Ford, presidente e CEO da IM Global Television, respectivamente. A série, intitulada Judge Dredd: Mega City One, será uma produção conjunta entre a Rebellion e a IM Global.

“Estamos animados em começar a jornada para colocar mais da Mega-City One de Juiz Dredd na tela da TV”, os  Kingsleys disseram à Entertainment Weekly. “Graças a legião de fãs que mantiveram a pressão nas redes socials, e muito trabalho e entusiasmo por trás das cortinas, nós pretendemos fazer uma produção de altíssimo orçamento que irá satisfazer tanto nossa vasta audiência dos quadrinhos quanto o público ainda maior daqueles que preferem assistir filmes e séries.”

Dredd e seus parceiros Juízes são uma força que é juiz, júri e executor nos Estados Unidos do futuro no qual toda a Costa Leste é uma distopia urbana massiva e única. Os quadrinhos do Juiz Dreddsão notórios e amados por sua violência fora do comum e comentário social, assim como a moralidade inalterável do personagem principal e as táticas mortais que ele carrega consigo afim de pregá-la.

Dredd já tem duas adaptações cinematográficas em seu portfólio, uma estrelando Sylvester Stallone e,  mais recentemente, em 2012, o filme  Dredd, estrelando Karl Urban, pelo qual os Kingsleys também serviram de produtores executivos. Dredd recebeu críticas mistas, mas ainda assim desenvolveu um culto rigoroso de fãs por sua fidelidade ao material de referência. O Juiz titular foi criado pelo escritor John Wagner e o artista Carlos Ezquerra, e teve seu lançamento no segundo volume de 2000 AD, série de quadrinhos semanais britânica, que tráz contos antológicos com temática sci-fi e está no mercado desde 1977.

Rebellion Developments tem publicado quadrinhos desde que comprou a 2000 AD (isto é, a editora de mesmo nome dos quadrinhos 2000 AD) no … ano 2000. De acordo com a Entertainment Weekly, a nova série será um drama sobre os juízes em Mega City One. A série ainda está em estado inicial de desenvolvimento e não há nenhum nome de talento atrelada a ela, ainda. Mas tem um poster, que você pode ver abaixo:

Esse post foi traduzido de Polygon

Marvel Generations trará Banner, Logan e Mais heróis de volta a vida

Logo após divulgar um teaser desenhado por nada mais nada menos que  Alex Ross, que juntava as versões originais e atuais de alguns dos principais super-heróis da Marvel Comics, a editora por fim oficializou Generations. Esta que Será uma minissérie em dez edições, entre os meses de julho e setembro, e cada uma delas será dedicada à 2  heróis com o mesmo nome / função, como Thor Odinson e a Thor Jane Foster, e o Hulk Amadeus Cho com o Hulk Bruce Banner.
À rede ABC, o editor-chefe Axel Alonso diz que a minissérie “honrará o legado de todo esse universo”. “Ela indica bem para onde estamos indo no futuro com todos esses personagens e o que temos planejado há algum tempo para eles”, diz. Em relação a personagens que hoje estão abaixo de sete palmos (como Banner e Logan) ou modificados (como o Steve Rogers da HYDRA), o editor promete que “tudo fará sentido” na HQ e que a trama não é de realidade alternativa( to com medo), viagem no tempo ou uma correção de continuidade, sendo assim é canônico do universo atual.
Cada edição terá equipes diferentes(os desenhistas ainda não foram anunciados):
Homem de Ferro (Tony Stark e Riri Williams) – escrito por Brian Michael Bendis

Homem-Aranha (Peter Parker e Miles Morales) – Brian Michael Bendis

Ms. Marvel (Carol Danvers e Kamala Khan) – G. Willow Wilson

Thor (Odinson e Jane Foster) – Jason Aaron

Gavião Arqueiro (Clint Barton e Kate Bishop) – Kelly Thompson

Hulk (Bruce Banner e Amadeus Cho) – Greg Pak

Jean Grey (jovem e adulta) – Dennis Hopeless

Wolverine (Logan e X-23) – Tom Taylor

Capitão Marvel (Mar-Vell e Carol Danvers) – Margie Stohl

Capitão América (Steve Rogers e Sam Wilson) – Nick Spencer
Questionado se os personagens ressuscitados para a minissérie permaneceriam vivos no universo regular, Axel Alonso deu uma bela de uma esquivada : “A resposta pode ser diferente para cada personagem. Há potencial para atrito, há potencial para parcerias de heróis. No mínimo, é algo que vai exigir reflexão da parte de cada personagem, e isso é parte do nosso objetivo”.
Fonte: Omelete