(Alerta de Spoiler) Capitã Marvel | Elementos do filme podem incomodar o fã de quadrinhos?

capitã Marvel elementos que podem ser negativos

Capitã Marvel chegou aos cinemas

Capitã Marvel Heroína que merecemos

Hoje é o dia que o esperado filme retratando Carol Danvers, a Capitã Marvel, chega aos cinemas. Nesse exato momento, há vários tipos de fãs de quadrinhos assistindo ao longa, e esperamos que tenham uma boa experiência. No entanto, o filme sofreu uma certa pressão por parte, novamente, dos fãs que viram o trailer e algumas questões ruins apontadas pela crítica especializada.

O  que vamos tratar nessa matéria são objetos concernentes ao filme e aos quadrinhos, que podem incomodar alguns fãs; Isso não quer dizer que o filme seja ruim, inclusive, o elogiamos em nossa crítica que pode ler aqui.

Origem nos Quadrinhos

Reprodução/Twitter

A história da Capitã Marvel é um tanto “embolada” nos quadrinhos. Diversos acontecimentos se conectam até Carol usar o nome como seu alter-ego. No entanto todos que conhecem a personagem sabe que ela ganhou seus poderes depois de ser exposta a uma explosão de tecnologia kree, enquanto era salva pelo capitão marvel (Mar-Vell).

Parte das células de Mar-vell se misturaram a de Carol na hora desse salvamento, o que transformou Carol completamente. Carol se tornou uma híbrida, Humano/Kree, com poderes que beiravam o impossível.

Origem no filme

capitã MARVEL ORIGEM

Traçando uma linha diferente do que os quadrinhos apresentam, porém com traços similares o filme traz essa origem. No filme, quando sua origem é explicada através de uma porção de flashes, percebemos que Mar-vell não é um guerreiro kree, mas uma cientista kree que se disfarça na terra, assim como nos quadrinhos, e está no planeta para tentar por fim a guerra da raça Kree vs Skrull.

Carol Danvers é uma oficial da força aérea, e durante um teste de uma nave, também criada por Mar-Vell, é atacada pelos kree,  precisamente por Yon Rogg. No início do filme se passou por amigo de Carol, mas na verdade era o vilão o tempo todo. Carol destrói o motor kree para que não caia nas mãos de Yon, mas é afetada pela explosão absorvendo toda a radiação. Carol desmaiou e Mar-vell estava morta depois de tudo.

O que pode incomodar nisso?

Resultado de imagem para ANCIÃ DOUTOR ESTRANHO

Tudo bem, não é a primeira vez que a marvel troca o sexo de um personagem, mas para alguns fãs isso pode parecer uma falta de respeito com o personagem. O grande problema não é a troca de sexo, mas em como a personagem foi aproveitada e no que isso implica no futuro. Basicamente não teremos o Mar-vell no MCU, pelo menos não como ele é nos quadrinhos. Contudo, isso não diminui que Mar-vell é explicitamente importante para Carol dentro do longa, e funciona como a mentora dela.

 

O Plot twist mais louco que você verá

A maioria dos fãs que acompanham quadrinhos Marvel sabem de algumas coisas. Algumas simples como Tony Stark é o Homem de ferro, umas complexas como a colisão do universo 616 e Ultimate. No entanto, se tem uma coisa que todo fã de quadrinho sabe é que Skrull tem que tomar bala. (Brinks)

Resultado de imagem para SKRULLS QUADRINHOS

A raça de alienígenas transmorfos, Skrull, geralmente é retratada como uma raça vilã dominadora de mundos. Não era pra menos, por várias vezes tentaram dominar planetas como Hala( Planeta Kree), a Terra, entre outros, inclusive o seu próprio planeta. Algumas raças de skrulls se achavam superiores, pois receberam poderes especiais depois de celestiais realizarem experimentos genéticos com eles. Essa parte dos Skrulls dominou a outra parte da população liquidando-os.

Enfim essa foi a história dos Skrulls, mas porque tratar disso agora? Pois bem, vamos ao que é retratado no filme, mas isso pode te deixar de cabelo em pé: Os Skrulls do filme não são do mal. Contrariando toda a história da raça skrull nos quadrinhos, onde ela é antagonista natural da humanidade, no filme os skrulls não são malvados, são apenas seres em busca de um lar, seres que são oprimidos pela raça Kree, tratados como escória.

Resultado de imagem para SKRULLS

No filme, Yon Rogg e a Inteligência suprema dos Kree, fazem com que Carol acredite realmente que os Skrulls são os culpados de tudo, mas na realidade eles são dizimados para onde fogem por representarem ameaça ao império Kree.

Esta foi uma reviravolta que eu realmente não esperava, então funcionou para mim. Mas novamente falando dos fãs de quadrinhos, vamos ver no que isso implica.

O que isso pode trazer de ruim?

Bom, inicialmente pode gerar hate por parte leitores de quadrinhos, por acreditarem ser uma deturpação da filosofia dos personagens. Em segundo lugar, a raça Skrull Antagonizou os vingadores e todos os heróis da terra em invasão secreta; Uma mudança drástica dessa pode acabar pondo um fim a uma possível adaptação do arco no futuro.

Eu não sei se a marvel pode simplesmente inventar de que nem todos os Skrulls são flor que se cheire, entretanto, isso é o que temos no MCU agora.

Conclusão

Imagem relacionada

Essa matéria só tinha a função de frisar pontos que acho que realmente valem a pena dentro desse universo. As mudanças não me afetaram, essa é apenas a minha opinião quanto ao que vi e fiz questão de trazer pontos relacionados aos quadrinhos.

O que se pode concluir é que esse é um filme adaptado como todos os outros, umas coisas podem ter saído muito diferente do que se esperava, entretanto ainda vale como um filme de heróis, com um roteiro fechado sem muito do que reclamar.

O que você achou do filme?concorda com minha opinião? comenta ai embaixo!

 

Capitã Marvel | Curiosidades sobre o filme e sobre os anos 90

Capitã Marvel Heroína que merecemos

Vamos começar com as curiosidades do filme:

1– Anna Boden, a diretora de “Capitã Marvel” é a primeira diretora feminina do Universo Cinematográfico Marvel.

2– “Capitã Marvel” é o primeiro filme do Universo Cinematográfico Marvel ambientado nos anos 90 e se passa antes de todos os outros filmes da Marvel Studios, exceto o primeiro “Capitão América”.

3–  “Capitã Marvel” é baseado na série de histórias em quadrinhos da Marvel de mesmo nome, publicada pela primeira vez em 1967. Os cineastas foram atraídos por uma série de histórias em quadrinhos criadas por Kelly Sue DeConnick.

4– Para “Capitã Marvel”, em Los Angeles, vários locais foram usados, como a Eastwood Power Station e Shaver Lake em Fresno, bem como os desertos no Vale de Lucerna e Edwards Air Force Base.

5– O mundo que o designer de produção Andy Nicholson trouxe à vida nos arredores de Los Angeles foi “Torfa”. Nicholson e a sua equipe foram a mina e pedreira de areia existente em Simi Valley e, com a ajuda de milhares de quilos de areia, transformaram em um cenário visualmente dinâmico.

6– Para uma das cenas de Los Angeles, os cineastas pegaram um antigo espaço comercial em North Hollywood e construíram uma nova fachada, incluindo um Radio Shack, uma Blockbuster e uma lavanderia. A localização parecia tão real que as pessoas realmente queriam entrar nos locais, sem perceber que era realmente um set de filmagem do filme!

7– Brie Larson, que interpreta Carol Danvers/Capitã Marvel e Lashana Lynch, que interpreta a colega piloto de testes Maria Rambeau, visitaram a Base Aérea de Nellis em Las Vegas para um treinamento e acabaram passando por experiências únicas em um jato de combate F-16.

8– Brie Larson também conseguiu se reunir e passar um tempo com a brigadeiro-general Jeannie Marie Leavitt, que se tornou a primeira piloto de caça feminina da Força Aérea dos Estados Unidos em 1993 e foi a primeira mulher a comandar uma ala de combate da USAF.

9–  A equipe do figurinista Sanja Hays fez oito uniformes para Brie Larson. Para os trajes, o tecido principal é couro com o acabamento na cor azul perolado especial que tem um brilho quando é colocado na luz.

10– Os cineastas fizeram testes com vários gatos diferentes para fazer o papel de Goose e acabaram com um gato chamado Reggie. Reggie veio com três outros gatos, Archie, Gonzo e Rizzo que se especializaram em diferentes truques.

11– Para a surpresa de todos, Samuel L. Jackson foi ótimo com os gatos. Ninguém sabia que ele era um gostava tanto de gatos!

12– Brie Larson levou muito a sério o treinamento para o papel de Capitã Marvel. Durante cinco dias por semana, ela fez de duas a quatro horas de treinamento, combinando boxe, kick-boxing, judô, luta livre e Jiu-Jitsu. A atriz também trabalhou para levantar mais de 100 quilos em halteres, 200 quilos em barras de pesos e até mesmo puxando um jipe ​​na estrada, um belo treinamento e uma grande conquista para uma atriz que nunca tinja feito muitos treinos de força!

13– Para criar o jovem Nick Fury e o agente Coulson, foram convidados o supervisor de efeitos visuais Chris Townsend e os artistas do estúdio Lola para transformar os atores de volta às versões dos anos 90 de seus personagens. Foi de extrema importância que tanto Samuel L. Jackson quanto Clark Gregg ficassem ótimos para suas respectivas idades reais!

Os anos 90:

Cinema

O cinema comercial começa nesta década trazendo o cinema de arte para o grande público, quando nomes como Woody Allen, Martin Scorsese e Pedro Almodóvar começam a fazer sucesso em grande escala, abrindo espaço para novatos como Quentin Tarantino, Robert Rodriguez e os irmãos Coen. Os super-heróis da Marvel começam a ganhar espaço na telona, com personagens como Blade, Demolidor e Elektra. O então pequeno estúdio de animação Pixar começa a fazer longas em computação gráfica, revolucionando os desenhos animados, isso tudo contando com uma pequena ajuda de Steve Jobs, que havia sido demitido da Apple e começou a ajudar na nova iniciativa. A década termina com George Lucas anunciando algo que os fãs de Star Wars sempre sonharam: uma nova trilogia do universo Jedi. O grande sucesso do fim da década é a adaptação que o diretor dos filmes Exterminador do Futuro, James Cameron, faz para o naufrágio do navio Titanic. No Brasil, o cinema nacional começa a se reerguer, principalmente a partir de Carlota Joaquina, dirigido por Carla Camurati. A década termina com um filme brasileiro, Central do Brasil, de Walter Salles, disputando o Oscar de melhor filme estrangeiro e fazendo a eterna Fernanda Montenegro concorrer ao prêmio de melhor atriz.

Música

A década começa com o Nirvana destronando artistas estabelecidos como Guns N’ Roses, Michael Jackson e Madonna, mudando as regras do jogo com um som sujo, pesado e barulhento e trazendo a atitude anticomercial do punk para os holofotes do mainstream, criando assim um subgênero do rock chamado a princípio de rock alternativo. A música eletrônica de grupos como Massive Attack, Portishead, Prodigy e Chemical Brothers começa a ganhar o mundo, fazendo guitarras e violões ficarem em segundo plano. O rap também cresce como força comercial, principalmente a partir do gangsta rap, que cria um cenário em que as costas leste e oeste dos EUA começam a atritar entre si. No Brasil, as rádios são dominadas pelo trio axé music, sertanejo e pagode, que ajudam a alavancar as vendas de um novo jeito de se ouvir música – o compact disc. Embora o CD tenha sido lançado na década de 80, foi a partir dos anos 90 que ele encontrou o grande público e se tornou a principal mídia sonora do mercado, o que fez o Brasil, diferentemente de outros países, encerrar a fabricação de discos de vinil. A descentralização da produção musical também foi outra característica da década por aqui, quando grupos do Recife (Chico Science & Nação Zumbi e Mundo Livre S/A), Belo Horizonte (Pato Fu e Skank), Brasília (Raimundos, Little Quail e Maskavo Roots) e Porto Alegre (Graforreia Xilarmônica e Wander Wildner) começaram a ganhar um espaço que antes pertencia apenas a bandas do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Televisão

A principal mudança que aconteceu na televisão durante esta década foi a revitalização dos seriados. Até os anos 80, os seriados eram redundantes e não contavam uma história contínua, apenas circulavam ao redor de um roteiro básico repetido de diversas formas com os mesmos personagens de sempre. A partir da ida do cineasta David Lynch para a televisão isso começou a mudar. Lynch começou a década com o sucesso Twin Peaks, que durou apenas duas temporadas, mas mudou completamente a forma de se fazer TV. A partir de Twin Peaks, seriados como Arquivo X e Buffy – A Caça-Vampiros foram ainda mais além e transformaram a estrutura da TV usando um novo parâmetro que seria abraçado pela emissora HBO a partir da década seguinte, com seriados como Sopranos e The Wire. Estes, por sua vez, instigaram a criação de clássicos modernos como Lost, Breaking Bad e Mad Men – todos de uma certa forma herdeiros das transgressões de Twin Peaks no início da década anterior.

Tecnologia e internet

A internet foi inventada nos anos 60, mas só nos anos 90 deixou de ser exclusiva para os nerds e viciados em tecnologia. Foi com a criação primeiro da linguagem world wide web e depois com a popularização dos programas de navegação que as pessoas começaram a visitar a rede, num tempo em que não havia YouTube, Google e muito menos o Facebook e o mais próximo que se tinha de uma rede social era o email. Fora da web havia poucas formas de comunicação populares, como o mensageiro instantâneo ICQ e chats de portais de notícia. Celulares e câmeras digitais eram enormes e caros, só quem era muito rico tinha acesso, principalmente no Brasil.

Fiquem ligados no site para mais informações!

[Crítica] Capitã Marvel – A heroína que pedimos e merecemos

Capitã Marvel Heroína que merecemos

Antes do Filme lançar…

 

Desde o nascimento do MCU ( O Universo Cinematográfico da Marvel), muitas e muitos fãs de Hqs necessitavam de um filme solo para uma heroína. Muito se falou em filmes focados em heroínas já existentes no universo, como Viúva Negra, Feiticeira Escarlate entre outras. Até que a Marvel resolveu fazer um filme solo de sua heroína de maior expressão da atualidade, a Capitã Marvel.

A proposta de um filme sobre Carol Danvers deixou muitos intrigados, até mesmo desconfiados se isso poderia ser bom. Durante o período de divulgação do filme surgiram muitos “hates” em volta da escolha da atriz, coisas que posso hoje dizer que não tem fundamento algum.

Esse início trazendo alguns fatos, são apenas para colocar em pauta o que o filme sofreu, sendo julgado antes de sair. Lembrando que Isso é apenas uma parte do todo. Em frente trarei pontos  do filme.

Resultado de imagem para brie larson lendo hq

 

A Crítica

Resultado de imagem para capitã marvel

O que dizer de um filme que nos traz a heroína que vai peitar Thanos no próximo filme de Vingadores?

Bom, automaticamente, foi isso que se pensou de Capitã Marvel até o momento em que terminamos de ver Vingadores Guerra Infinita.  Nesta última quinta-feira (28), tivemos a conclusão dessa grande dúvida. Capitã Marvel é o filme que toda mulher ( e fã da marvel) adorará assistir, não só pelo fato de apresentar um verdadeiro tanque de guerra em forma de mulher na tela de cinema, mas também pela forte mensagem que passa, sobre sentimentos e a força deles. Mas vamos falar mais sobre isso no próximo tópico.

O filme

Resultado de imagem para capitã marvel

É um filme que trata de vários assuntos. Aborda o feminismo e  o poder feminino de forma suave, colocando pingos nos is sem precisar forçar ideia  ou ideologia. Aborda pontos positivos e negativos dos sentimentos de alguém e até quando vale a pena lutar por eles. E também a importância de se levantar sempre, nunca desistir ( interpreto que nessas partes onde o assunto foi abordado, além de ser uma ligação direta ao tema feminino, a mensagem também pode ser passada para todos). Muitos podem estar comparando o filme com uma “cópia” ou tentativa de superar Mulher Maravilha, entretanto, o filme não subtende nada disso. O filme é um filme pra cima, como em muitos filmes da marvel é rico em alívio cômico, mas quem não esperava isso? Eu pelo menos curto bastante.

Direção, Roteiro e Montagem

Imagem relacionada

A direção de Anna BodenRyan Fleck trouxe, sem dúvida, uma boa experiência para a tela de cinema. O filme dirigido por eles pode ser classificado como um filme de origem. No entanto, é um filme de origem um pouquinho diferente, onde as tramas e subtramas vão se conectando ao longo do filme como qualquer filme, só que ao mesmo tempo se conectando com imagens do passado de Carol Danvers. Particularmente, acredito que para uma pessoa que não assiste tantos filmes pode parecer confuso. Mas o filme consegue se explicar perfeitamente, com bastante coesão, tem seu começo, meio e fim. Apesar de apresentar uma história heroica simples, o filme cumpre o seu papel com maestria.

Personagens

Resultado de imagem para capitã marvel

Obviamente não tinha como dar errado, colocar Samuel L. Jackson e Brie Larson juntos foi tiro e queda. A química, a dinâmica dos dois nada mais é que algo divertido e gostoso de assistir. Muitos estavam dizendo que Brie Larson não tinha carisma e expressão, mas acredito que depois de vê-los juntos em ação, fará com que essa opinião caia por terra.

A Capitã Marvel, em si, é bastante feroz, valente, heróica e claro uma mulher muito bem humorada.  Jude Law também mostrou-se ótimo em seu papel. Mas quem roubou mesmo a cena foi Ben Mendelsohn o interprete de Talos, O Skrull. Por vários e vários motivos que não devo mencionar pois seria spoiler. Acredito que eu deveria mencionar o gato, mas deixarei que vocês  se surpreendam.

Trilha Sonora

Imagem relacionada

A trilha não chamou tanta atenção, apesar de como em guardiões da galáxia, trazer músicas de época para fazer parte dela. Em cenas de batalha ela nos traz a sensação de emoção, mas não tanta emoção quanto ao que vemos em tela. Acredito que o problema possa ter sido esse, as sequências de ação no espaço tiraram a atenção da trilha.

Efeitos Especiais

Imagem relacionada

Com uma chuva de efeitos impressionantes a Capitã Marvel nos mostra a que veio. Carol Danvers tem superpoderes que a deixam basicamente invulnerável e ela sozinha vale por uma frota inteira de naves.

Os efeitos estão muito bem finalizados em partes de batalhas, em algumas outras nem tanto. Os efeitos utilizados pra transmutação Skrull são bastante convincentes.

Conclusão

Capitã Marvel é um filme bem dirigido com uma mensagem impactante. Traz uma gama de personagens e novidades ao MCU. Além de nos ligar diretamente ao próximo vingadores.

Esses são alguns dos pontos conclusivos, Carol Danvers, a Capitã Marvel ensina a todos que podemos sempre nos levantar, ainda que nos mandem ficar no chão. Sem dúvidas, é a heroína que pedimos e que merecemos.

 

Capitã Marvel | Primeiras reações são positivas

Enquanto os comentários completos estão embargados até 5 de março, após a estréia mundial do filme, a Marvel Studios divulgou os primeiros comentários  dos críticos e parecem ser extremamente positivos, já que os participantes elogiaram a recente entrada da personagem no MCU. 

Quase todos concordam que o filme atinge todas as notas certas no que diz respeito a diversão e espetáculo, e também traz mais do que algumas surpresas inesperadas.

Também parece ser bastante unânime que o vilão Skrull de Ben Mendelsohn, Talos, rouba a cena e se solidifica como um dos melhores vilões do MCU até o momento, o que certamente é uma notícia bem-vinda. Além disso, o gato Goose da Carol também parece ser um grande sucesso, o que não deve ser nem um pouco surpreendente. 

Veja algumas reações abaixo:

Fique ligado no site para mais informações!

Capitã Marvel | Brinquedo revela spoiler de personagem

A mercadoria de Capitã Marvel está rapidamente começando a encher as lojas e agora parece que eles estão revelando alguns spoilers sobre o filme da Marvel Studios. Embora seja sempre importante ter “vazamentos” desse jeito com uma pitada de sal, este brinquedo confirma que haverá mais coisas para a gata de Carol Danvers do que o esperado.

Assim como sua contraparte nos quadrinhos (chamada Chewie), Goose vai ser um alien e claramente um Flerken ao invés de um Skrull como alguns fãs teorizaram nos últimos meses.

Será muito interessante ver como a Goose influencia os procedimentos, especialmente quando ouvimos rumores de testes que ele rouba o programa (e se ele é um alienígena, isso obviamente explica muito).

Fique ligado no site para mais informações!

Capitã Marvel | Filme deve ter uma boa abertura nas bilheterias

Hoje em dia, parece que a Marvel Studios não pode errar e com Pantera Negra recentemente nomeado o primeiro filme de super-herói a receber uma indicação ao Oscar de “Melhor Filme”, ​​2019 já foi um grande ano para Kevin Feige e companhia.

Agora, parece que a Capitã Marvel está garantido para ser um sucesso, porque o rastreamento de longo alcance está apontando para um fim de semana de abertura de US$ 160 milhões. Isso representa um impressionante crescimento de 14% em relação à debênture de US$ 140 milhões, anteriormente discutida, que estava em foco na América do Norte. Se o filme atingir esse alvo, ele terá o sétimo maior fim de semana de abertura da história do Universo Cinematográfico da Marvel.

Com $ 160 milhões de dólares, a Capitã Marvel também seria o segundo melhor marcador de todos os tempos da Marvel Studios em termos de seus lançamentos individuais.

Pantera Negra está atualmente em primeiro lugar com US$ 202 milhões.

Acredita-se também que poderia ultrapassar a marca de US$ 440 milhões no mercado interno durante toda a sua exibição, colocando-a atrás apenas dos filmes Pantera Negra e os três filmes dos Vingadores. Em outras palavras, a decisão de Feige de fazer a Carol Danvers a nova cara do MCU parece estar prestes a se pagar em grande estilo!

Pantera Negra | Brie Larson elogiou o filme!

Pantera Negra foi elogiado pela atriz Brie Larson.

A atriz Brie Larson (Capitã Marvel), elogiou o filme, recém lançado no Brasil, Pantera Negra. O longa só irá estrear nos Estados Unidos na semana que vem, mas a Brie usou o seu twitter para incentivar os fãs a verem. Acompanhe o tweet abaixo.

Nas palavras da atriz – “Uma das melhores coisas que você pode fazer para si mesmo ou para as pessoas que ama é comprar alguns ingressos de Pantera Negra. Eu sei que é caro ir aos cinemas, mas esse vale a pena. Você vai sair impactado para sempre.” – ela afirma que o filme é uma das melhores coisas que você pode fazer.

Após os eventos de Capitão América: Guerra CivilT’Challa retorna para casa, na nação reclusa e tecnologicamente avançada de Wakanda, para servir como o novo líder. Entretanto, T’Challa logo descobre que é seu trono é desafiado por facções dentro de seu próprio país. Quando dois inimigos conspiram para destruir Wakanda, o herói conhecido como Pantera Negra precisa prevenir que o país seja levado a uma guerra mundial.

O filme já está em cartaz e as reações tem sido fantásticas, clique aqui para ver mais sobre as primeiras impressões do longa!