LEC | Fnatic vence a G2 e se garante nos playoffs

Fnatic LEC

Nesta sexta-feira (15), aconteceu a penúltima rodada da LEC (League of Legends European Championship). A rodada ganhou destaque pelas últimas definições dos playoffs. Além disso, houve disputas para definir o segundo colocado, que se classifica direto para as semifinais.


Leia também: LEC | O que ainda está em jogo no campeonato


A rodada começou com confronto entre Mifits Gaming e Splyce. Os coelhos precisavam vencer para se manter na briga para a próxima fase. Mas, as serpentes douradas acabaram ficando com a vitória, eliminando as esperanças da Misfits.

Diferente da Misfits, a SK Gaming venceu seu confronto contra a última colocada, a Rogue e se mantém firme na briga. No entanto, destaque para o confronto do dia, Fnatic e G2 Esports.

Os samurais, já classificados para as semifinais do torneio, buscava sua segunda vitória no confronto. Enquanto que, a atual vice-campeã mundial buscava empatar o duelo e assegurar sua classificação para a próxima fase da LEC. Com mais uma grande atuação do atirador Rekkles, a Fnatic venceu o confronto e garantiu sua vaga nas quartas-de-final. A G2 acumula sua terceira vitória em três semanas.

Confronto de opostos, exceL Esports e Team Vitality se enfrentaram por ambições diferentes. A equipe ocupa a penúltima colocação do torneio e já não tinha mas o que perder. Mas, para os abelhas valia a briga pela segunda colocação. A exceL venceu o confronto e acabou com as chances da Vitality de ser seed 2 do torneio.

Fechando o dia, FC Schalke 04 e Origen brigavam por coisas grandes. Enquanto que os azuis reais buscavam chegar no sábado com situação confortável para os playoffs, a Origen buscava colar na segunda colocação. A partida foi definida e a Origen conquistou seu triunfo rumo as semifinais e a definição do seed 2 ficará para a última rodada.

Confrontos de amanhã:

  • G2 Esports x Misfits Gaming – 13:00
  • FC Schalke 04 x Rogue – 14:00
  • SK Gaming x Team Vitality – 15:00
  • exceL Esports x Origen – 16:00
  • Splyce x Fnatic – 17:00

O capítulo da fase de classificação começa neste sábado, às 13:00, com G2 enfrentando a Misfits Gaming. A transmissão da LEC e de outros campeonatos você acompanha através do Watch LoL Esports, plataforma que recompensa você por assistir aos campeonatos pelo mundo. Além desta liga, você acompanha outras como CBLoL, LCS, OPL, LLA, dentre outras.

CBLoL | Final da primeira etapa tem local definido; confira o preço dos ingressos

Com local definido, a final do primeiro split do CBLoL acontecerá novamente nos estúdios da Riot Games em São Paulo. O anúncio se deu na tarde desta quinta-feira (14) e gerou desapontamento entre os torcedores devido ambiente da fase final.  Entre as alegações o tamanho do lugar é considerado pequeno para quem já frequentou . Além disso, os torcedores esperavam que o evento acontecesse no Rio de Janeiro por causa da grande probabilidade do Flamengo disputar a final. Time é o favorito na tabela e obteve apenas uma derrota.

KaBuM Campeã
A KaBuM dominou o cenário brasileiro em 2018. Foto: Divulgação/Riot Games

Os ingressos do Campeonato Brasileiro de League of Legends estarão venda a partir das 13h do dia 21 de março. Com valor de R$80, idosos e estudantes pagam meia entrada. As semifinais também contarão com a presença de auditório. O vencedor do primeira etapa garante vaga direta para o Mid-Season Invitational que acontece em maio  de 2019. As cidades selecionadas para o segundo evento mais importante da modalidade foram Vietnã e Taiwan.

Confira mais abaixo:

Fase Eliminatória do CBLoL 2019 – Primeira Etapa

  • Semifinal: dias 6 e 7 de abril
  • Final: dia 13 de abril
  • Horário: abertura dos portões às 11:30 (semifinal) e 10:30 (final). Início do evento às 13h, na semifinal, e ao meio-dia, na final
  • Local: Estúdio da Riot Games (Rua Othão, 285 – Vila Leopoldina, São Paulo – SP)
  • Ingressos: No site Ticket 360, a partir das 13h de 21 de março de 2019.
  • Preço: Arquibancada: Inteira R$ 80,00 | Meia R$ 40,00*

*Estudantes e idosos maiores de 60 anos têm direito à meia-entrada, conforme legislação brasileira

 

R6 | DreamHack Rio receberá campeonato valendo R$50 mil

rainbow six

Depois de receber a Pro League Season 8, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, a cidade receberá mais um evento da categoria. A DreamHack Rio anunciou em suas redes sociais que haverá torneio de Rainbow Six Siege entre os dias 19 e 21 de Abril. Além disso, o festival receberá torneios de CS:GO e showmatch de LoL entre Flamengo eSports e INTZ e-Sports.

Leia também: Dreamhack terá showmatch entre Flamengo e INTZ


O anúncio foi feito através de suas redes sociais e contará com oito equipes brigando pela premiação de R$50 mil reais. No entanto, estas equipe estarão dispostas da seguinte maneira:

  • Duas vagas para equipes femininas (dias 18 e 19 de Março)
  • Duas vagas do chamado BYOC – no qual os jogadores levam seus próprios equipamentos – que será realizado durante o evento (19 de Abril)
  • Quatro equipes das qualificatórias online

O evento acontecerá nos três dias de evento, começando na sexta (19), continuando no sábado (20) e terminando no domingo (21). As transmissões do campeonato começarão a partir do segundo, quando começa as quartas-de-final. Os canais de transmissão do Rainbow Six Esports Brasil estão disponíveis na Twitch e no YouTube.

Esta é a terceira vez que o Rio de Janeiro recebe eventos relacionados ao Rainbow Six. Além da Pro League, no ano passado, a cidade maravilhosa contou com torneios durante a GameXP e a Geek & Game Rio Festival.


Além desta e outras atrações já confirmadas, a DreamHack Rio receberá a etapa final do torneio universitário, a Liga Universitária Rio Esports, que contará com diversas instituições de ensino superior da cidade.

LEC | O que ainda está em jogo no campeonato

lec lol

Falta apenas duas rodadas para o final da fase de classificação da primeira etapa da LEC 2019. A G2 Esports já está classificada para as semifinais do torneio e garantiu a liderança contra a Vitality, neste último sábado. Além disso, a equipe francesa também garantiu vaga para a próxima fase, junto com OrigenSplyce. Ainda há duas vagas em disputas: FnaticFC Schalke 04 ocupam momentaneamente a quinta e sexta colocação. Mas, Misfits GamingSK Gaming, ambas 7-9 também contém chances de se classificarem para a próxima fase. Vejamos as possibilidades das equipes:

Leia também: Afinal, quem segura o Flamengo?


Chances de classificação

A G2 Esports não tem com o que se preocupar. Após assegurar sua classificação para a próxima fase na semana 7 e a vaga direta para a semifinal na semana seguinte, resta apenas cumprir tabela no campeonato, já que os samurais não podem ser ultrapassados na tabela.

Já o caso da OrigenSplyce e Team Vitality, as três equipes estão classificadas para os playoffs. No entanto, essas equipes estão com o mesmo placar de 10 a 7. Sendo assim, a briga pelo seed 2 estará bem acirrada nessa última semana de LEC. Confira os confrontos diretos das equipes (sexta-feira e sábado, respectivamente):

  • Origen: FC Schalke 04 e exceL Esports
  • Splyce: Misfits Gaming e Fnatic
  • Team Vitality: exceL Esports e SK Gaming

Últimas equipes a se definirem

Disputando as últimas duas vagas, temos Fnatic, FC Schalke 04, Misfits Gaming e SK Gaming. A situação dos atuais campeões da etapa é tranquila, embora não seja uma tarefa fácil, já que enfrentará a líder G2 Esports, na sexta-feira. A equipe precisa vencer apenas um confronto dos dois em disputa para garantir a penúltima vaga. Para o Schalke, precisa vencer a Origen e a Rogue para garantir a última vaga, enquanto que Misfits Gaming e SK Gaming contam com tropeços para conseguir a classificação.

Das quatro equipes em questão, a Fnatic vive situação tranquila, porém não confortável. Apesar de terem emplacado uma série de 6 vitórias consecutivas, terá pela frente grandes times como a G2 e a Splyce, que briga pelo seed 2 dos playoffs. Mas, vale destacar que os líderes em duas semanas venceram apenas 2 dos 4 jogos disputados. Já a Splyce, venceu 3 de seus 4 jogos disputados nas duas últimas semanas.

Lembrando que, caso Origen, Splyce e Team Vitality vençam suas duas partidas essa semana, haverá partidas de desempate para definir o seed 2 do campeonato.


O desfecho da fase de classificação começa nesta sexta-feira, às 14:00, com Origen enfrentando o FC Schalke 04. A transmissão da LEC e de outros campeonatos você acompanha através do Watch LoL Esports, plataforma que recompensa você por assistir aos campeonatos pelo mundo. Além desta liga, você acompanha outras como CBLoL, LCS, OPL, LLA, dentre outras.

LoL | Série Gillette Path to Pro começa hoje

gillette

Na noite desta quarta-feira (13), dentro da programação do League News, acontecerá a estreia do Gillette Path to Pro. A série contará a rotina dos vencedores da primeira temporada do Gillete ULT.

Leia também: DreamHack Rio terá showmatch entre Flamengo e INTZ


Os seis escolhidos do reality show, Eradan, Mestre, Bgob, Ace, Blacky e Lannik, hoje integram as equipes da paiN Gaming e INTZ. Além disso, a série mostrará a rotina dos jogadores em suas gaming houses e os bastidores do CBLoL e Circuito Desafiante.

Para o diretor de Esports da Riot Games Brasil, Carlos Antunes, a série mostrará uma nova etapa na conquista do sonho dos seis jogadores por meios de desafios.

“O que mais importa para o público de Esports é conteúdo de qualidade e a Gillette, assim como os demais parceiros do CBLoL, têm nos ajudado a levar a melhor experiência aos nossos jogadores”, destaca Antunes.

Além disso, o gerente de marketing da Gillette no Brasil, Fernando Bueno, ter ajudado a revelar os próximos jogadores de LoL, é algo que nos dá muito orgulho. E ainda ressalta:

“Sentimento que se reflete, agora, com o Gillette Path to Pro, focado na importância da preparação destes jovens atletas. Servindo de inspiração para outros jogadores e atletas amadores”

Confira o cronograma dos episódios e suas respectivas datas:

  • Vida na Gaming House (parte 1) – 13 de Março
  • Vida na Gaming House (parte 2) – 20 de Março
  • Dia de Jogo – 27 de Março
  • Preparação e lições – 3 de Abril
  • Desafios – 10 de Abril

A série terá cinco episódios e todos serão exibidos dentro do programa League News, exibido nos canais da Riot Games Brasil, na Twitch e no YouTube.

LoL | Dreamhack terá showmatch entre Flamengo e INTZ

Confirmado pela própria organizadora, a Dreamhack Rio contará com um showmatch entre Flamengo e INTZ, após final do CBLoL. A partida irá acontecer no dia 19 de abril, primeiro dia do evento. Isolados na tabela, o Flamengo vem sendo o maior destaque do CBLoL enquanto a INTZ luta para se manter em segundo lugar. O terceiro encontro entre os times no CBLoL ocorrerá neste domingo (17). São esperados outros times de League of Legends no evento.

Além de LoL, o evento contará com CS:GO que já possui equipes confirmadas; entre elas a eUnited e FURIA eSports. Teremos também a presença de Luminosity Gamer, Sharks eSports e Avangar. São esperados shows, assim como nas edições internacionais — e inclusive, não sabemos se eles focarão em artistas nacionais. Vale ressaltar que, no mês de abril, contaremos com muitos artistas do exterior no Brasil, nos gêneros do Rock e do Pop, além de DJs que também marcarão presença.

Está é a primeira vez que o Brasil recebe a Dreamhack e será realizado no Parque Olímpico. O local, que se encontra na Cidade Maravilhosa, já recebeu diversos eventos após as Olimpíadas, apesar do descaso da prefeitura do Rio de Janeiro.

Você pode garantir seus ingressos pelo site da Tickets For Fun.

Afinal, quem segura o Flamengo?

flamengo brtt shrimp

A ótima campanha do Flamengo eSports vem chamando a atenção pela forma de jogar da equipe. Diferente da temporada anterior, o rubro negro demonstrou consistência durante suas partidas e vem demonstrando porque é o líder legítimo, absoluto e o candidato ao título da primeira etapa do CBLoL. No entanto, a questão que fica é a seguinte: quem pode parar o Flamengo?

Leia também: Super semana começa com Flamengo classificado e Keyd inovando


Shrimp, o “imortal” e o astuto Luci

Eleito o Melhor Caçador da Temporada 2018, o sul-coreano Lee “Shrimp” Byeong-hoon demonstrou grande evolução comparado a temporada passada. Além de conseguir se comunicar melhor com os demais jogadores, Shrimp têm mostrado grande entrosamento na equipe. O caçador é um dos pilares principais da atual campanha rubro negra no CBLoL e vêm se consolidando como o melhor jogador, não somente de sua rota, mas do campeonato. Ele não sofreu um first blood desde o início do torneio e suas estatísticas no campeonato são as melhores possíveis. A maneira como Shrimp dá ritmo para seus companheiros é, sem dúvida, excepcional e justifica a ótima campanha da equipe.

Para ocupar a lacuna deixada por Eidi “esA” Yagamichi, hoje na paiN Gaming, o Flamengo contratou o suporte Han “Luci” Chang-hoon para fazer dupla com o atirador Felipe “brTT” Gonçalves. A atuação do sul-coreano têm chamado bastante a atenção durante as partidas. A maneira como Luci trabalha a visão pelo mapa, posicionamento durante jogadas ofensivas e defensivas são pontos a se destacar. Nesse quesito, fica fácil para a equipe rubro negra trabalhar melhor o mapa e conquistar seus objetivos rota por rota.


Erram menos e punem mais

O destaque coletivo da equipe do Flamengo nessa temporada é o fato de que a equipe tem errado pouco. As tomadas de decisões nas transições entre o early mid game da equipe rubro negra tem chamado bastante a atenção. Além disso, o que mais impressiona nas atuações do Flamengo são os momentos em que a equipe escolhe o tempo certo para iniciar uma luta.

Confira alguns números do time rubro negro até aqui:

  • Ouro por minuto: 380,4 (equipe) e 458 (brTT)
  • Maior KDA: brTT (10.25)
  • Maior número de assistências: Luci (9.63)
  • Maior número de partidas vencidas: 16

Como derrotar o Flamengo?

Com tanta disparidade na tabela, nas estatísticas e mostrando alto nível de jogabilidade no CBLoL, fica difícil imaginar que a equipe cometa erros daqui pra frente. Afinal, a equipe rubro negra só perdeu apenas uma única partida em 17 disputadas até o momento. É a melhor campanha da história do CBLoL até aqui, com incríveis 94% de aproveitamento.

Acreditamos que a INTZ e-Sports tenha esse ímpeto para conseguir desmoronar o domínio rubro negro numa eventual decisão, já que a mesma caminha rumo a segunda colocação, o que evitaria um confronto direto nas semifinais. No entanto, a ascensão da KaBuM nesse último final de semana colocou os atuais campeões da etapa na quarta colocação. Sendo assim, caso se mantenha na última vaga para os playoffs, teríamos a reedição da segunda etapa de 2018.


Sem dúvida, é a equipe que mais apresenta espírito de que vai buscar algo além de só vencer o CBLoL. Podemos ver claramente que o objetivo da organização é ir além no cenário internacional, tentar chegar mais longe. E hoje, podemos ver a disparidade do Flamengo dentro do cenário brasileiro, destacando sua evolução da temporada anterior para a atual. Se manter esse espírito e conseguir fazer com que seus objetivos sejam postos a prova. A partir daí, poderemos acreditar que esse será um ano diferente para nossa região.


O CBLoL é transmitido pela Twitch, no YouTube e nos canais SporTV.com (sábados e domingo) e no SporTV 2 (somente aos sábados).

CBLoL | Super semana começa com Flamengo classificado e Keyd inovando

A super semana que começou nessa sexta (08) contou com partidas incríveis e de tirar o fôlego. A rodada foi marcada pela atuação dos caçadores.

PROGAMING 0 X 1 REDEMPTION

Abrindo a semana especial do CBLoL a equipe da ProGaming, lanterninha do campeonato, enfrentou a Redemption e sofreu mais uma derrota. É a 13ª da equipe no CBLoL, esta que já chega a não ter chances de classificação virtualmente. A equipe veio com um pick interessante de Zilean nas mãos do seu suporte Willyan “Wos” Bonpam, mas não conseguiu impor o seu jogo. Já a RDP conseguiu manter o bom jogo da semana 7 e arranca com a primeira vitória na super semana em um jogo no qual  a tônica foi luta por barões.

Destaque da partida: Denilson “Ceos” Oliveira – Redemption

VIVO KEYD 1 X 0 UPPERCUT

Na segunda partida do dia, uma surpresa: Neko adcarry! Foi a aposta dos Kangurus para as mãos do João “Alternative” Parada e… deu certo, mas não por muito tempo. A rota inferior formada por Neko e Tahm Kench deu muito trabalho à equipe da Vivo Keyd, porém numa tarde inspirada de Zheng-Yang “Laba” Huang com sua Rek’Sai, os Guerreiros saíram com a vitória depois de um jogo muito interessante. A Vivo Keyd ainda ousou ao pickar um Gragas para as mãos do seu suporte, Luan “Jockster” Cardoso de Meira, que teve uma atuação boa. A Uppercut vem de um retrospecto de 6 jogos sem vitória e precisará descobrir o que fazer para melhorar amanhã.

Destaque da partida: Zheng-Yang “Laba” Huang – Vivo Keyd

Jockster inovou com um pick de Gragas suporte | foto: Riot Games

CNB 0 X 1 INTZ

Numa atuação bem abaixo da equipe da CNB, os Intrépidos souberam jogar no erro do adversário e voltam pra GH com a vitória. Diogo “Shini” Rogê se saiu muito bem logo no começo da partida, conseguindo neutralizar o caçador adversário com sua atuação. Junto com o estreante em CBLoL, Pedro “Lynx” Quintavalle formaram uma dupla consistente e levaram a INTZ rumo a vitória. Estreia muito boa da nova revelação intrépida. A torcida Blumer, que ficou empolgada quando Pablo “PbO” Tokuo pickou Kalista, ficou certamente decepcionada com a atuação do atirador, que vinha numa crescente evolutiva, mas não conseguiu demonstrar nessa partida.

Destaque da partida: Diogo “Shini” Rogê – INTZ

FLAMENGO 1 X 0 KABUM

Fechando a rodada, o “jogo de desempate” entre Flamengo e Kabum. Os rubro-negros ganharam a partida do turno e os Ninjas venceram no returno. Na estreia do terceiro turno, ficou um gostinho de revanche no ar e o Flamengo soube aproveitar. Numa partida bastante equilibrada, os Urubus souberam jogar nos mínimos detalhes, com ótima noção de posicionamento e um Felipe “BrTT” Gonçalves jogando com toda sua experiência e talento. Excelente partida de Byeong-Hoon “Shrimp” Lee, que deu muito trabalho com seu Lee Sin, participando muito bem das Team fights. A Kabum que, mesmo derrotada, mostrou um jogo de bom nível, tentará amanhã voltar ao caminho das vitórias. A equipe do Flamengo conseguiu a classificação pra escalada, com 5 rodadas de antecedência.

Destaque da partida: Byeong-Hoon “Shrimp” Lee – Flamengo

Amanhã tem mais, dando prosseguimento a super semana do CBLoL! Assista pelos canais de transmissão oficiais da Riot Games ou também ao vivo pelo SporTV!

CBLoL | jUc comenta sobre INTZ, paiN e o cenário internacional de League of Legends

O Mineiro, César “jUc” Barbosa, é o atual assistente técnico da INTZ, mas sua trajetória no League of Legends é mais antiga do que parece. O profissional atuou pela paiN Gaming em 2012, mas saiu da equipe 4 meses depois. Durante esse período, mesmo ausente no cenário competitivo, nunca deixou de jogar enquanto estava cursando a faculdade de engenharia elétrica, formando-se em 2015. Seu retorno a um dos times mais tradicionais ocorreu em abril de 2016 como reserva de Matheus “Mylon” Borges, ex top lane da equipe.

Abandonando Summoner’s Rift na temporada seguinte, o ex-jogador migrou para a função de assistente técnico que junto de Arthur “Paada” Zarzur. Consequentemente acabou chegando a final do segundo split do CBLoL 2017, ficando com o segundo lugar contra a Team One. Sua saída da paiN ocorreu em 2018, quando o time que tinha sido rebaixado no primeiro split não conseguiu retornar a elite do CBLoL mantendo-se no Circuito Desafiante, na época, César atuava com o desenvolvimento dos jogadores.

Quando anunciou que estava Free Agent, foi procurado pela INTZ, ingressando em outra equipe tradicional do competitivo. Confira mais na entrevista abaixo.

Mario Sergio: Como aconteceu o convite para entrar na INTZ?

jUc: O convite aconteceu em 10 minutos depois de eu ter anunciado que estava Free Agent. Fiquei super feliz e não esperava que iria acontecer tão rapidamente.

Mario Sergio: Como vem sendo seu relacionamento com a equipe?

jUc: Meu relacionamento com a equipe é excelente. Todos são bem tranquilos para dialogar e tem ambição em aprender e saber o que precisa melhorar.

Mario Sergio: Você está com a INTZ desde a Superliga ABCDE, ganhar da paiN teve algum sentimento especial?

jUc: Eu fiz um tryout presencial na semana que aconteceu a final da Superliga. Mesmo não tendo nenhuma rixa com a paiN, acredito que sempre que uma pessoa ganha do time que esteve trabalhando anteriormente, tenha um gostinho especial.

Mario Sergio: Falando da paiN, o que você vem achando do desempenho do seu antigo time no Circuito Desafiante? Acredita que ainda este ano teremos o clássico paiNTZ no CBLoL?

jUc: Com certeza a paiN tem altíssimas chances de ganhar o Circuito Desafiante, mas também acredito que seja possível que a RED suba para o CBLoL. Certamente teremos o clássico paiNTZ no próximo split.

jUC, Loop e Tay durante a final do CBLoL 2017 | Riot Games – Fotos: Bruno Alvares, Pedro Pavanato & Cesar Augusto

Mario Sergio: O que tem pesado na escolha do atirador brasileiro em vez do argentino, comunicação ou desempenho?

jUc:
O Mills ajuda muito na comunicação do mid game. O WhiteLotus ainda é tímido nesse aspecto. Apesar da mecânica absurda que WhiteLotus possui, acredito que a comunicação seja essencial em uma partida.

Mario Sergio: No seu ponto de vista, a MD1 vem fazendo a diferença para os times brasileiros?

jUc:
 Alguns times ainda não se adaptaram com a MD1, mas eventualmente vão se acostumar com a mudança do formato do CBLoL/Circuitão.

Mario Sergio: Acredita que o Brasil poderia melhorar em eventos internacionais caso jogasse mais contra os times da LLA

jUc: Tenho algumas dúvidas sobre isso, pois o Brasil sempre foi uma região melhor que a LLA. Posso estar equivocado pois agora o LAN e o LAS se fundiram em apenas uma liga e podem ter melhorado o nível de todos.

Mario Sergio: Em uma entrevista a ESPN, você comentou que se inspira no kkOma. Caso esteja acompanhando o cenário internacional, acredita que a SKT tem chances de retornar ao Mundial?

jUc: Com certeza a SKT tem chances de retornar ao Mundial, mas o que me deixa mais feliz é ver times com pessoas menos experientes e novos talentos no topo da tabela da LCK.

 

Mario Sergio: Para finalizar, gostaria de deixar uma mensagem para a torcida intrépida?

jUc: Gostaria de agradecer o apoio que me deram quando eu entrei na INTZ e que continuem a acreditar no meu trabalho. #GoINTZ #INTZArmy.

 

Acompanhe o jUc no FacebookInstagram, Nimo TV e Twitter. 

 

Dioud fala sobre a Corrida Gamer e da uma verdadeira aula de luta contra o sedentarismo

Hugo Padioleau, popularmente conhecido como Dioud, é um francês de 28 anos jogador de League of Legends, pela paiN Gaming. O criador da Corrida Gamer atualmente deu uma pausa no competitivo, atuando como streamer da sua equipe. Apesar disso, Dioud se reaproximou mais da torcida mostrando que acima de tudo, precisamos nos cuidar. O carinho do jogador pelos fãs é tão grande que o mesmo aprendeu a falar português, que a princípio está impecável. Em outubro de 2018, ele anunciou a público em suas redes sociais a decisão do afastamento no cenário esportivo.

Contando com o apoio dos fãs, em novembro do mesmo ano ele veio com o projeto conhecido como Corrida Gamer. A ideia surgiu após a sua namorada o ter convidado para uma corrida na Paulista. O jogador levou seu projeto adiante marcando os encontros no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. A ação que ocorre nos domingos e é uma verdadeira corrida contra o sedentarismo. Confira a entrevista:

Mario Sergio: Como surgiu a ideia da Corrida Gamer?

Dioud:  Durante um fim de semana, eu estava afim de sair de casa no Domingo e minha namorada me ofereceu participar de uma corrida que acontece na Paulista. Fomos lá e encontrei fãs durante essa corrida e pensei que seria legal fazer esse tipo de atividade com os mesmos. Muitas pessoas querem encontrar a gente (pro player) mas só pode acontecer durante eventos. Ter essa possibilidade pra eles todos os Domingos fica mais fácil o acesso.

Mario Sergio: Você foi o primeiro jogador do cenário que incentivou os fãs a se cuidarem colocando a mão na massa, você se sente feliz nessa missão?

Dioud: Eu sei o quanto a gente (gamers) pode ser preguiçosos quando chega a hora de levantar da cadeira. Depois 10 anos como jogador profissional, eu aprendi que realmente esse sedentarismo pode ter um impacto negativo pra meu corpo. Eu estou muito feliz de ver que realmente tem pessoas que vem participar. Do outro lado, tem pessoas que não moram em São Paulo e sempre ficam me pedindo pra fazer essa corrida no Rio, em Curitiba etc. Então as possibilidades são giga!

Dioud fazendo graça para as câmeras | Riot Games Brasil | Foto: Fotos: Bruno Alvares

Mario Sergio: As corridas são realizadas no Ibirapuera, ainda tem fã que te acompanha desde o início do projeto? 

Dioud: Todos os Domingos, deve ter uns 75% que já estão acostumados correr com a gente e os 25% sobrando são pessoas que vem para descobrir o projeto e tentar o desafio. Mesmo se essas pessoas não voltarem depois, eu sempre parabenizo eles de terem tentando e apoiado o projeto. Ao mesmo tempo, é bom que o projeto não cresce MUITO rapidamente, lembrando que eu também sou amador nesse tipo de meio. Eu tenho que aprender o que é o melhor para mim e para as pessoas participam nessa corrida.

Mario Sergio: Como é seu relacionamento com eles na corrida?

Dioud: A primeira coisa que eu tento fazer é matar essa imagem de ídolo. Eu tento mostrar para galera que eu sou igual eles e que eles não precisam ficar tímido ou com vergonha das performances deles. Somos amigos correndo juntos e compartilhando um bom momento. Não tem nada de profissional ou esse tipo de coisa. Esse projeto é para melhorar junto e sensibilizar as pessoas sobre o impacto do sedentarismo.

Mario Sergio: Como você se sente em relação a corrida gamer?

Dioud: Eu estou muito feliz. É um projeto que realmente se fez do nada e muitas pessoas estão apoiando a gente. Eu não pensava que ia ter tantas pessoas gostando desse tipo de coisas em nosso meio. A corrida está crescendo pouco a pouco, já estamos conversando com marcas que querem participar também. Sendo um projeto 100% de graça para participar, eu espero que no futuro mais pessoas se envolvem com a gente!


Mario Sergio: A presença de marcas e até sorteios, te motivam ainda mais com esse projeto?

Dioud: Com certeza! O fato de saber que tem marcas que acreditam no potencial da corrida me conforta nessa ideia e talvez no futuro, a gente consiga fazer diferentes corridas em diferentes lugares do Brasil com o apoio dessas marcas.

Mario Sergio: Acredita que deveria haver mais incentivos a prática de exercício físicos aos fãs de eSports?


Dioud: 
Acho que não deveria ser uma coisa que se limita aos fãs de eSports. Muitas pessoas que não são fãs de eSports podem sofrer de sedentarismo ficando durante horas e horas trabalhando atrás de um computador. São também esse tipo de pessoas que precisam entender que eles podem sofrer no futuro da falta de atividade deles.

Mario Sergio: Para finalizar, gostaria de deixar algum recado para os fãs e torcedores?

Dioud: Primeiramente eu quero agradecer todas as pessoas participam nesse projeto, mas também todas as pessoas que acreditam no potencial dessa corrida. É só o começo e já posso ver que tem um futuro. Do outro lado, se você é um marca e quer entrar em contato comigo, pode me enviar um e-mail aqui: [email protected]. Também, muito obrigado a você por essa entrevista, foi um prazer!

Ficou interessado em participar da Corrida Gamer? Se liga abaixo:

Local: Parque do Ibirapuera, Portão 7.
Objetivo: 5km
Horário de encontro: 10h da manhã
Dias: Todos os domingos, exceto nos dias chuvosos.

Para maiores informações entre em contato pelas redes sociais.

Dioud

www.facebook.com/dioudy
www.twitter.com/dioudlol
www.instagram.com/dioudlol

Corrida Gamer

www.instagram.com/corridagamer