Simon Kinberg fala sobre Novos Mutantes, novo filme da Fox

O universo dos filmes do X-Men está crescendo grandemente e com o grande sucesso de Deadpool, fora os preparativos para o filme do Gambit em que a produção foi atrasada até 2016, veremos ainda muitos filmes ramificando da série principal.

Em entrevista ao IGN, Simon Kinberg, atual produtor dos filmes do X-Men, atualizou as informações para um de seus projetos, Os Novos Mutantes. Foi revelado, no ano passado, que Josh Boone foi chamado para ser co-roteirista e diretor do filme que é baseado em uma HQ Marvel sobre um grupo de jovens X-Men em treinamento.

Quando perguntado sobre o andamento do filme, Kinberg disse: “Josh Boone e seu roteirista parceiro estão trabalhando no roteiro. Eles estão fazendo um bom trabalho. E é realmente excelente, já que, de diversas formas, assim como Deadpool foi diferente da linha principal de filmes dos X-Men, os Novos Mutantes… talvez não seja tão diferente como Deadpool foi, mas é único e diferente”

Ainda disse: “Essa é a graça pra mim, trabalhar no universo dos X-Men, criando esses tipos de filmes solo que tem uma visão diferente pra eles. E os Novos Mutantes tem uma pegada melhor para os jovens adultos.”

Sobre os personagens que podemos ver no filme, Kinberg diz que quando se fala sobre X-Men e Novos Mutantes, os personagens ainda não foram usados. “Há uma lista enorme de nomes e, posso dizer isso a você, alguns deles nem eu conheço.”

Podemos esperar ansiosos por um novo filme da FOX? Deadpool foi um marco, um sucesso, isso ninguém pode negar. Mas será que avançar para personagens quase desconhecidos para o público atual pode trazer uma renovação para esse universo tão vasto? Só o tempo pode nos dizer.

Gostou da notícia? Comente aqui em baixo e nos deixe saber de sua opinião!

Por que o Batman passou a matar?

Artigo originalmente escrito por Ricardo Oliveiraa

Senti na necessidade de fazer esta matéria porque venho vendo pessoas reclamando do mais novo filme Batman v Superman: Dawn of justice, porque o Batman acaba por matar suas vitimas no filme. Muitos dizem que isso é um erro de adaptação, já que o Homem morcego nunca matou nos quadrinhos. Outros dizem que simplesmente… Não faz sentido. Antes de começar a expor meus argumentos, quero dizer que muitas coisas que escreverei são apenas minha opinião. Mas meu proposito principal é causar uma discussão, e fazer todos pensarem. A questão é que o assunto deve ser discutido em algum momento, e ele é mais preciso do que pensam. Porque acho que o que foi colocado em questão, é algo que é muito debatido na sociedade atual. E é exatamente da Sociedade atual que falaremos agora…
Logo avisando que se você veio aqui em busca de respostas, veio a matéria errada. Aqui vamos achar perguntas que nos levarão a pensar.

A partir de agora você entra em uma zona de Spoilers! Leia por sua conta e risco!

Enquanto ao Batman clássico?Batman_with_a_gun

Muita gente sabe, mas vale lembrar, inicialmente o Homem morcego não havia preceito moral algum. Nosso herói era como o Justiceiro, apesar do batman-2que o Justiceiro tem sua ideologia. Inicialmente, o Batman era só um jovem que se achava muito bom em atletismo, e decidiu que iria combater o crime. Então pôs-se a colocar sua luvinha roxa e bater em bandidos, ele era um maluco. Sem falar é claro, na época de um esforço pró guerra, onde todos os super heróis estavam em suas revistas lutando contra os inimigos da América. Batman_Earth-Two_0002 (1) Mas devemos admitir que ele não deixa de ser um maluco agora. Entendam que o Batman é um psicopata. Mas ele
conseguiu focar isso. Mais tarde, óbvio, que foi pedido para que alterassem os preceitos morais do Batman, porque ele estava muito escuro para uma época onde histórias em quadrinhos eram apenas para crianças. Logo Batman parou de usar armas, e adotou nosso querido Robin como parceiro. E continuou sendo o Terror dos criminosos.
Não seja por isso. O Super-homem também matava, e era muito mais agressivo do que ele é hoje. Inicialmente ele saía batendo em criminosos porque sim. Hoje temos nosso super-escoteiro. Sem falar em seus ideais pró comunistas.

 

A autoridade do código dos quadrinhos

Há muito tempo atrás, um psicólogo chamado Frederic Wertham, baseado em seu estudo sobre histórias em quadrinhos, escreveu um livro conhecidoGreen_lantern_85 0como “Sedução dos inocentes” no Brasil. O livro, falava coisas como Batman e Robin são dois homossexuais, Mulher Maravilha é uma lésbica, entre outras coisas das quais ele decidiu, lendo as histórias da época. O que acontece é… Honestamente eu não tiro a culpa dele. Nessa época as histórias estavam tomando uma proporção grande, e cada vez mais capas idiotas vinham surgindo.

Mas por que quero falar sobre isso?
Nessa época também, a maioria dos heróis ganharam preceitos morais. Estou falando de muitos deles. Batman então assumiu que realmente não matava, e isso fez a personalidade do Superman que conhecemos hoje. Nada podia ser muito escuro, ou muito sexy. Tudo nos quadrinhos era controlado pelo selo. Até é claro, nosso querido Stan Lee chegar e acabar de vez com isso. A DC não ficou de fora, e lançou o seu. O que quero dizer é, que isso é coisa histórica. Os eventos do passado levaram a moralidade do Batman a onde está hoje

 

A importância verdadeira dos personagens para a cultura pop

Uma coisa podemos admitir, Batman e Superman já estão marcados na cultura pop como um todo. E a cultura pop tende a acompanhar a humanidade em seus períodos. Sei que Superman era para passar um ideal de esperança, e ele pode continuar passando. Só que como personagens assim, eles deveriam retratar a sociedade como ela é… Não como nós quiséssemos que seja. Acredite ou não são tempos de violência. Não estou dizendo que porque são tempos de violência, todos deveriam agir violentamente. Pelo contrário. Acho que personagens como Batman e Superman deveriam mostrar como é importante manter a cabeça em momentos como esse… Manter os ideais. Todos seres humanos deveriam ter direito a vida, nem que sejam bandidos. Uma coisa que muito me atraí no filme “Batman Begins” Do Nolan, é que o Batman já viveu como um criminoso. Ele sabe como é ser reprimido pela sociedade, e não ter direito a nada. Consequentemente ver pessoas achando que bandidos deveriam ser mortos. Em muitos casos, a resposta é: Não. Não merecem. Em outros pode ser que você ache que sim.

O que quero dizer é que Snyder trouxe um ponto importante na mesa. Criminosos merecem morrer? Você pode chamar de vitimismo “Oprimidos pela sociedade”. Porém em muitos casos, é exatamente isso que acontece.
A vida é um direito de todos. E assim é desde o iluminismo na França.
Batman deveria acreditar nisso ou não? Analisando o background do personagem, se trata de um garoto que teve um trauma. Viu seus pais sendo mortos bem na frente dele. Naquele momento… Naquele dia ruim… Ele pirou.
Vocês acham que um garoto, com ódio tamanho de criminosos iria ligar para a vida deles?
Ou será que ele iria ver o lado dos criminosos?
É isso que Snyder sempre quis dizer. Já no caso do Superman, muitas pessoas já passaram por um processo de deslocação. Já se mudaram, ou mudaram de escola, e se sentiram perdidos. Assim ocorre com o Superman. Ele vive em um mundo de papelão. As pessoas não sabem como ele se sente. Muitos tem algo próximo a isso, mas ninguém realmente deve saber como é ver através da carne das pessoas.
Os dois tem seus motivos pessoais. Mas eles não eram para supostamente pensar em outras pessoas além deles mesmos?

No final não importa sua cor, sua altura, ou nada disso. O Superman vai sempre te salvar. O Batman sempre irá te resgatar de um prédio em chamas, ou de um criminoso prestes a dar um tiro em você, colocado nesse filme como não importando o jeito que ele fizer isso.
Acho que  o que o Snyder quis dizer é que estamos em um universo alternativo ali. Um universo em que o Batman não se coloca no lugar dos Superman_Flag_03Henry_Cavill_Batman_v_Superman_article_story_largecriminosos. Ele deve pensar “Por que eu devo me colocar no lugar deles? Eles não se colocaram no lugar de meus pais.” Batman está mais para um homem raivoso neste filme.

E Superman está sem esperança. Ao contrário do que ele deveria representar. Ele ajudou tantas pessoas… Havia salvado tantas vidas. E mesmo assim poucos admiravam o que ele fez.
Poucos olhavam e diziam que ele era só um cara tentando fazer a coisa certa.
Viam ele como uma ameaça.
É o caso de Bruce. Que além de perder os pais, viu várias pessoas sendo mortas em sua frente, devido a um confronto que matou mais pessoas do que as ajudou. Poderia ter sido pior? Claro…

O que podemos afirmar depois de pensar em tudo isso, é que Snyder está nos fazendo discutir. Pensar. Não é puramente um filme de ação e aventura. Ele e seus roteiristas realmente querem trazer algo a frente. Algo que poucos filmes de super heróis querem.
Por isso Batman v Superman acaba sendo tão bom.
Isso nos remete a Cavaleiro das trevas. Onde Frank Miller não só havia renovado o Batman, como ele trazia toda uma discussão politica de corrupção, medo e crimes para a pauta. Snyder fez sim uma boa adaptação.
O melhor disso no filme é que realmente todas as referências e coisas trazidas de HQs tem sentido ali. Não são coisas jogadas para dizer “Ah, olha, fizemos uma referência! HAHA!”
Esse pode ser o ultimo filme que trará uma discussão assim no universo DC no cinema, ou não. Mas prefiro acreditar que não.

Você pode estar dizendo que estou fazendo uma crítica do filme, sendo que já foi feita. Mas não exatamente… Só acho que foi necessário trazer isso a pauta.

Uma interpretação diferente

Batman (4)A um certo momento do filme, Bruce nota que o nome da mãe de Kal-El também era Martha. O que podemos tirar dali?
Será que naquele momento, é possível ver nosso Batman dos quadrinhos voltando a vida Batman-v-Superman-Trailer-Affleck-Batsuitnas telonas? Ou… É pura e simplesmente uma outra interpretação? Vamos discutir.

Assim que ele ouve que o nome da mãe de Kal-El era Martha, Bruce nota que ele havia errado. Que estava sendo egoísta. Pensando em si mesmo. Havia notado, erroneamente, porém notou, que ele já havia deixado uma Martha morrer. Por que deixar duas? A culpa seria dele novamente. Bruce erraria de novo.
Também notou o quão homem Superman era… O quão parecidos eles podiam ser. Que ele estava sendo apenas um morcego raivoso batendo em pessoas.
Então Batman para e decide ajudar. Ali vemos nosso Batman voltando? Pensando na vida… Ajudando pessoas? Ou será que o simples fato dele enfiar uma faca no ombro de um homem, o torna não fiel?
Explodir o KGbesta foi certo?
Batman começa a pensar em alguém além dele ali. Ele mostra que não são só ele e seus pais que importam, nem só nele e sua lança de Kryptonita. Ali Batman vê que faz parte de algo a mais. E estava completamente errado em tentar matar alguém que precisava dele. Alguém que só queria ajudar…

Quando ele fala “Eu sou amigo de seu filho”, devo admitir que é uma cena emocionante. Mostra como Batman havia notado a droga que ele fez. Quando na verdade ele deveria ser aquilo… Amigo do filho dela, o tempo todo.

Ainda há muita coisa a ser discutida. Muita a coisa a ser falada… Mas que tal se você pensar em tudo que falei aqui sozinho? Que tal se você… Capturar o que Snyder quis dizer?
O filme é bom sim. E mostra como filmes de  heróis podem trazer pensamentos novos. Discussões, e te fazer pensar.

Depois de tudo isso deve estar achando que odeio o fato do Batman não matar não é? Pelo contrário.
Eu sou fã do Batman. Do Superman mais do que ele. Mas eu amo o Homem morcego. Tenho carinho pelo personagem. E é uma alegria minha vendo ele ser usado para trazer uma discussão.
Lembre-se que personagens precisam evoluir. Imagina só se o Superman continuasse na mesma que ele era 70 anos atrás?
Lembre-se que boa parte das coisas aqui citadas são opiniões minhas. Não precisa concordar. Inclusive se discordar, só dizer.

E aí caro leitor! O  que achou da matéria? Tem opiniões diferentes? Pensou em uma interpretação diferente? Discorda de mim? Escreve aí em baixo, mas não se esqueça de ser educado. Não precisamos ser agressivos só porque o mundo é. Temos que mostrar ao contrário. Por isso que os super heróis são importantes. Eles são nossa inspiração. Mostram o que devemos alcançar. Mostram discussões sociais, politicas, e simulam elas. Muitos consideram coisa de criança… Futuros inalcançáveis. Mas eu digo que são coisas de pessoas.

Espero que tenha feito você pensar! Abraço!

 

 “Se você procura um monumento… Olhe ao seu redor.”

 

Ben Affleck confirmado como roteirista do novo filme do Batman!

“Geoff Johns é um cara brilhante”

MoviePilot’s-Batman-Theory-3A pouco tempo foi dada a notícia de que Ben Affleck, o próprio ator do Batman em Batman v Superman, está fazendo o roteiro do filme. Acontece que ele basicamente confirmou isso. Ben confirmou que já está escrevendo o roteiro desde o ano passado, em entrevista com o programa DC All Access.

Não se sabe ao certo se ele também irá dirigi-lo. Vale lembrar que é possível que o filme adapte sagas como Morte em família e histórias como Piada mortal. Nada confirmado sobre isto por agora. Isso explica porque há pouco tempo, espalhou-se que ele reescreveu o roteiro de Batman v Superman batman_h4dItVI
É sabido também que ele está escrevendo o roteiro com o roteirista de quadrinhos Geoff Johns desde o ano passado, como já dito.
porém já segundo o site Deadline, Ben Affleck também pode assumir a direção do novo Batman, previsto para sair em 2018, e isso porém não confirma nada, pois se trata de um site, dando uma proposição não oficial.

E aí, o que você acha dessa notícia? Escreva aqui nos famosos comentários e fique ligado no site para futuras notícias!

Darkseid e o que ler antes do filme

Ω Chegara um tempo em que os velhos deuses morreram! Os bravos morreram com os astutos. Os nobres pereceram, presos em batalha contra o mal liberado. Foi o último dia para eles… Uma hera ancestral, estava agora encerrando-se em ardente holocausto Ω

Deve estar se perguntando… Por que Darkseid? Bom, como eu sempre fui um entusiasta desse vilão do Superman em especifico (E do Superman e geral), além do que em 2017 teremos o filme da Liga e é provável que o Darkseid seja um vilão, eu acho que as pessoas deveriam aprender mais sobre ele, para que não haja de acontecer o mesmo que ocorreu com Lex Luthor, e as pessoas o chamando de Coringa (É importante ressaltar que muitas vezes eles não entenderam  o proposito do Lex daquela forma). Então, para que vocês não saiam do cinema com cara de quem não entendeu lhufas, que tal um guia de leitura e do que assistir desse vilão?

A verdade é que para a maioria das pessoas… O Darkseid não é interessante. Ele é um vilão, quer quer tentar colocar as mãos sobre a Equação Anti-Vida para que ele possa conquistar tudo o que ele vê. Então o que faz uma boa história Darkseid, se o vilão é maçante? Tudo se resume a um único critério:O Que ações de Darkseid trazem para seus adversários. E suas reações aos seus esquemas e como eles derrotam Darkseid e assim seus esquemas. Isso é o que a maioria das histórias que irei vos mostrar tem em comum.

Liga da justiça, sem limites: “Crepúsculo” partes 1 e 2

Como isto é um guia para o que se ver para entendimento do personagem, por que não usar animações também? Já que as animações da DC sempre acabam se tornando clássicos. Ainda mais é claro, se tratando de Liga da justiça, sem limites. Este episódio se trata de uma aliança, entre Brainiac e 1256532-370329_160826_darkseidDarkseid. E na história, a Liga da justiça e até mesmo os Novos Deuses, são forçados a tentar derrotar esses dois. Esse episodio tem tudo de bom, traições, batalhas, e uma em especifico entre Superman e Darkseid ao final.

Mas a melhor parte para mim é esta aqui:

Superman: Você conhece Darkseid como eu…

Batman: Sabemos que ele lhe usou. Humilhou você. Fez lavagem cerebral em você. feriou como um soldadinho de chumbo e virou você a solta contra a Terra. Fora que este não é mais um de seus planos, temos de tomar medidas. Então eu sugiro que você as tome.

 

 

Os Novos deuses vol 1 #7: O pacto

Citado por muitos dos fãs como uma das melhores histórias não apenas do Darkseid, como de todos novos deuses, essa vai para a lista de histórias das quais eu demorei para achar, e passei por algumas propagandas nada amigáveis. Quem sabe não foi atoa? Enfim…New_Gods_v.1_7

Sendo um dos clássicos pessoais de Jack Kirby, essa histórias se trata de um dos primeiros confrontos entre Darkseid e Pai Celestial, culminando na troca de seus filhos como trégua. Sem entregar muito da trama.

 

 

 

 

 

 

Os novos Deuses de Jack Kirby #18-20 “A origem de Darkseid”

Justice-League-23.1-Darkseid-origin-3Um dos mais legais, na minha opinião. Muitos fãs acreditam ser desnecessário, já que Darkseid era para ser “Uma força malvada elementar”, ou algo assim… Mas para mim, ele precisa sim de uma origem, afinal, ele também é um dos arqui-inimigos do Superman, e merece uma história de responsa. Não preciso dizer que esse também foi difícil de achar. Ainda não entendo porque os fãs não gostam, já que a história no fundo acaba tocando um pouco no misticismo, que eu sou um entusiasta também. Quando lerem minhas matérias mais a frente vão notar que sou entusiasta de muitas coisa, incluindo hentai de tentáculos  Artes marciais.

Nesse em especifico, pretendo não entregar muito do plot, já que é melhor vocês se surpreenderem ao ler.

 

 

 

Odisseia cósmicammcosmp1

Essa mini série é uma boa tanto da Liga da justiça, como dos Novos deuses. Na mesma, Darkseid tem o seu primeiro gostinho da formula anti-vida. Mas ele não gosta porque a anti-vida ameaça destruir o universo. E convenhamos que não tem graça nenhuma dominar algo no fundo do poço. Deve ser assim que uma certa pessoa se sente… Enfim.

Então, ele pede ajuda da Liga da justiça, e todos começam a formar duplas, isso na minha opinião é uma das coisas mais legais da história, as duplinhas!mignola-hellboy-2

Enquanto a história, devo dizer que ninguém escreve uma história cósmica como Jim Starlin, a não ser é claro o Kirby. Enquanto a arte de Mike
Mignola, eu sempre fui fã da arte dele, apesar de alguns fãs considerarem ela um pouco “Rápida demais”. Não sei se é meu instinto fanboy de Hellboy falando, mas eu gosto.

 

 

 

 

 

Darkseid/Galactus: O devorador

Darkseid Vs. Galactus - O Devorador (1995)Apesar de um crossover, esse aqui se torna muito legal, por ser colocado como uma batalha entre duas forças da natureza. Galactus, da Marvel comics, o Devorador de mundos, e Darkseid que é colocado como a personificação suprema do mal.
Essa revista é colocada aqui não porque é genial ou coisa do tipo, mas porque acaba se tornando algo divertido. Ainda mais na hora que Órion enfrenta o Surfista prateado. Não vou revelar muito o plot, porque o final desse aqui é de “Arrepiar as madeixas”. Então, apenas leiam.
E também, devo ressaltar a arte e o roteiro incríveis do Byrne.

4691049-6109285965-GekDJ

Os X-men contra Novos jovens Titãs

XMT2

Mais um crossover muito legal. Eu talvez esteja colocando ele como legal até demais, mas devo admitir que sou um grande fã dos Novos Titãs… Porém nem tanto dos X-men. E sem querer criticar os X-men dfmas já criticando  mas eu não gosto muito, acho sem graça (minha opinião). E além do mais, eu acho o Darkseid tentando reviver a Fênix negra com a ajuda do Exterminador uma ideia brilhante e muito bem colocada mesmo. Sem falar que os dois times eram os que mais faziam sucesso na época, entre a Marvel e a DC.

 

 

 

 

 

Superman-A série animada: Legado parte 1 e 2Darkseid_(Superman)8Superman_Leads_Troops

Aqui está, eu considero essa a melhor história do Darkseid de todas.
Pode me julgar. Pode dizer “Ah Ricardo, isso é uma animação…”
eu sei que muitas vezes não devemos levar animações como material base, mas eu acho essa uma das melhores histórias de todas do personagem.

Não sei se vocês já viram essa série, mas ela é a coisa mais espetacular dessa vida. Eu cheguei a assistir ela toda. Uma ótima representação do Homem de aço, e introduz ele para toda uma
maxresdefault
nova geração. Eu realmente recomendo que vejam não só esse episodio como a série inteira se possível.

Nessa história, Darkseid faz uma lavagem cerebral em Superman, fazendo ele acreditar que Darkseid é seu pai adotivo, e assim, o permitindo invadir a terra com um exército.
O povo da terra fica muito bravo depois disso. Então Super é capturado pelo exército americano, e Lex Luthor, que decidem que ele é perigoso demais para viver. Não vou revelar como ele sobrevive, porque quero que vocês se surpreendam o máximo possível.

Acontece também uma batalha final em Apokolips, mas acho melhor também não contar o clímax. Essa história também é muito legal na hora em que o Superman se veste de Bobba Fett.

 

Legião dos super heróis: A saga das trevas eternas

Considerada por mim a saga com mais super heróis de todas, essa tamLegião dos Super-Heróis A saga das trevas eternasbém é uma ótima saga para introduzir a Legião dos super heróis, que não deixa de ser um ótimo grupo, e um dos meus favoritos, afinal, eles sempre interagem com o Homem de aço.
Essa história é tão boa que está na minha lista de encadernados a serem comprados. E olha que essa lista é… Bem grande ;-; se você coleciona HQs como eu, sabe que tem coisas na lista que você não sabe como vai arranjar dinheiro pra comprar. Mas isso não vem ao caso.

Essa história é no geral algo que deve ser lido para compreender o Darkseid

 

 

 

 

 

 

Liga da justiça: A guerra Darkseid

a-guerra-darkseid-006Essa é a saga mais recente da lista, e ela continua sendo publicada, pelo menos no Brasil. Devo admitir que estou meio atrasado… Mas pretendo voltar a ler em breve. Até o ponto que eu li a história estava muito promissora, e merece sim ter seu suado dinheirinho gastado em mensais. Se não quiser pode ler HQ-do-Dia-Justice-League-42-A-Guerra-De-Darkseid-2online também, só não deixe de ler.

Não é só uma boa história do Darkseid como da Liga inteira, e deve ser lida caso você goste do grupo.

Nesta história, vemos uma aliança entre Anti-monitor e Darkseid, além de conhecermos a mais nova filha do vilão. Não vou entregar muito do plot, já que esse como qualquer outro da lista, merece ser lido sozinho para a surpresa daquele que estiver lendo.

 

 

Extra: Liga da justiça Os novos 52: Origemjustice-league_4_panel1

Essa série já foi recomendada pro mim antes. Trata-se basicamente da união da Liga nos novos 52, e como tudo havia começado. Na história, o vilão principal é o Darkseid, que invade a terra com seus famosos Parademônios. Aqui ocorrem coisas muito legais a serem observadas, e não é só um arco recomendado, como faz parte da recomendação de toda HQ da Liga nos Novos 52.

É bom ressaltar que esse arco possuí uma animação chamado de “Liga da justiça: Guerra”. Que honra bem o material original, e pode ser assistido por todo e qualquer fã.

Então meu caro leitor. Gostou da lista? Muita coisa não é? Pois é… Pra você ver como nós fãs temos que nos esforçar não é?
Achou que faltou algo? Tem alguma história legal do Darkseid que você ache essencial para entendimento do personagem? Comenta aqui nos favoráveis e tranquilos comentários.
Se quiser que essa série de guias de leitura continue… Sei lá. Comenta “Sapato”… Ou não.

 

Você sabia que tinha Batcaverna no Google Maps?

Para quem ainda está muito fora da internet nesses últimos dias, a gigante Google sempre inventa algumas coisas para alegrar a vida de nós, reles seguidores do Pai Google de Doodlelá.

E dessa vez não é diferente. Após o sucesso que foi Batman v Superman, ela (Google) resolveu fazer uma graça: Colocou a mansão Wayne e a Batcaverna para que pudéssemos explorar.

Para acessar a mansão Wayne, é necessário procurar por “Bruce Wayne Mansion”.

[Nota do revisor: Tive dificuldade de acessar a mansão pela forma normal, ou seja, procurando no Google Maps pela palavra acima mensionada. Então coloco aqui o endereço direto para a Batcaverna e espero que gostem! https://goo.gl/LgsI6M]

Nós somos levados para o lado rural de Michigan onde as filmagens externas foram filmadas.

Esperamos que gostem da surpresa que a Google preparou para nós!

AQUAMAN | Obras para ler antes do filme

Há pouco tempo, fãs de todas as idades e de todos os lugares do mundo foram presenteados com o épico Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Todos piraram nas cenas incríveis e referências feitas pelo filme. Porém jovem leitor (ou não), nosso papel aqui não vai ser criticar o filme, já que nosso querido site já fez inclusive uma crítica sobre ele.

Oras, então qual a motivação dessa matéria? É porque gostamos do Aquaman? Claro. Mas apostamos que muitos de vocês gostam, também. E tem mais, apostamos que muitos querem gostar, mas não sabem por onde começar.

Fazemos essa matéria por duas razões: a primeira é que nosso amado Aquaman ganhou um filme que irá estrear agora em dezembro, no entanto poucas pessoas realmente leram coisas diferentes dos Novos 52 — sem, é claro, desmerecer a obra. Então, por que não fazer uma lista você mesmo, caro leitor, e apontar obras para entender Aquaman? É por isso que estamos mostrando essa pequena lista. Vale lembrar que muito da obra pode requisitar um pouco de paciência do leitor, porque são títulos antigos e sua linguagem acaba sendo diferente daquela presente nas revistas de hoje. Então, leia com os olhos da época. Lembrando também que essa é a lista inicial, para leitores novos, e depois faremos outra, para leitores mais velhos e acostumados.

Ah, e não se preocupe, pois não comprometeremos muito da trama.


Aquaman, por Peter David

Aquaman-fish-armyMuitos já devem conhecer o Aquaman do Peter David e até não sabem. Se trata da famosa “Fase do Aquaman com um gancho”. Essa saga maravilhosa se trata de pelo menos mais de uma década de trabalho de nosso querido Peter David, que é considerado por nós, pelo menos, como um dos melhores roteiristas das histórias em quadrinhos. Ele não só escreveu Aquaman com maestria impressionante como também a sua fase do Hulk, mas isso não vem ao caso. Ele estabeleceu um personagem de grande termo, logo depois da Crise nas Infinitas Terras, assim apresentando o personagem para uma nova geração de leitores inteira em um arco que redefiniu Aquaman completamente. Muitos dizem ser a aquamanV6_16melhor fase mensal do Rei de Atlântida, sem contar edições únicas. Porém, deve ser ressaltado que ele tem vários pequenos arcos que consideramos importantes para a leitura. Se você não quiser ler a obra toda, pelo menos isto deve ser lido…

As Crônicas de Atlantis

É um arco puramente de introdução à família real de Atlantis, e aos antecessores de Aquaman. É preciso ser dito que David realmente tornou esse arco um épico. Ele é incrível em cada detalhe, e introduz muito bem aqueles que querem conhecer não só o personagem, como também suas origens.

Aquaman: Tempo e Maré

Em poucas palavras: Tempo e Maré é a história de origem do Aquaman. É preciso ler isso para entender minimamente do que se trata o herói. Sem falar que é uma incrível obra comparada por muitos fãs à “Lenda do Aquaman”, cuja importância abordaremos mais à frente.

Aquaman v5

4145518-the-aquaman-villains-we-crave-812099f6-ac86-43d1-9dd8-8bef4d2f683cÉ a marca do Peter David em sua própria série, começando com a clássica linha do tempo do Charybdis, esta que por sinal tiraria a mão do Aquaman, dando a ele seu clássico gancho. tudo é clássico aqui. Em v5, veremos Aquaman explorar grandes abismos, e enfrentar brigas mais perigosas do que nunca, indo de uma invasão extra-terrestre ao enfrentamento com deuses gregos, passando inclusive por declarar guerra ao Japão.
A arte da revista pode não ser a coisa mais bonita em questão de HQs, e essa pode também não ser a melhor aula de corpo humano, mas… Lembre-se que as histórias são dos anos 90, e a estética ditada dos personagens era esta.

As Profundezas e Aquaman: Os Novos 52

aquaman1

De Geoff Johns e Ivan Reis, trata-se da introdução do arco de Aquaman (Volume 7) publicado como parte de Os Novos 52, que acaba sendo também uma leitura recomendada do Aquaman. Decidindo recentemente que iria abandonar Atlantis e viver na terra, Aquaman combate criaturas carnívoras e famintas, ao lado de sua esposa Mera — que é uma personagem tão incrível quanto Arthur. A história é muito boa, tal qual a própria fase. Se você não quiser ler todas as mensais, leia apenas esta história em específico, porque ela acaba se tornando uma das melhores do soberano dos mares.

 

Aquaman: A Espada de Atlântida

Swordofatlantis43

Do querido Kurt Busiek: ele escreve sobre o personagem introduzindo o mais novo Arthur José Joseph Curry, como Aquaman. Essa série traz os mitos de volta à sua essência, mostrando porque o personagem é tão grande como herói que tenta achar seu lugar no mundo. Sem dúvidas o título é um dos melhores dessa lista, e acaba se tornando uma incrível leitura para os fãs de primeira viagem.

Aquaman: Morte de um Príncipe

É a uniAquaman_Death_of_a_Princeca história centrada de verdade no Arraia Negra, que é um dos maiores inimigos de Aquaman. Na saga que se passa na Adventure Comics e em Aquaman vol. 1, de Steve Skeates, Paul Levitz e David Micheline, além da arte simplesmente fantástica de Jim Aparo, a história se passa durante o exilo de Aquaman a partir de seu reino. É uma fase que por acaso é muito recomendada do volume 1. Acontece que o Aqualad e o Arraia Negra decidiram que iriam matar o filho do Aquaman. E assim foi.

A missão não ficou só para eles dois: outros vilões apareceram para ajudar. Apesar de um pouco triste (talvez até demais para a época), ela é basicamente aquela história que todo super-herói tem: o fundo do poço. Para completar, Mera conclui que a culpa é de Arthur. Então podemos ver aqui um Aquaman mais humano… com motivos até para virar emo.
Você pode não considerar triste, já que a narrativa realmente não ajuda, mas como foi dito, veja com os olhos da época. Lógico que depois dessa saga tudo voltou ao normal, e o Aquaman voltou a ser o rei de sempre.

Aquaman: Maré Americana

Aquaman_0008Também conhecida como American Tidal, em inglês, é considerada por nós, como fãs, a história favorita de toda a lista. Foi meio difícil de achar para ler, mas como todo nerd demos um jeito, passando por vários anúncios nada amigáveis.
Voltando a obra de Will Pfeifer, se trata da introdução da linha do tempo que mais durou para Aquaman (volume 6).

San Diego, que é uma das maiores cidades da Califórnia, está submersa por Anton Geist, e Aquaman precisa ajudar. Sem entregar muito da história, basicamente é isso. Você pode não considerar a melhor… E é claro que tem muito mais histórias do Aquaman do que tem na lista, mas esta foi a que mais curtimos. Ou seja, se trata de uma opinião nossa, em particular.


E então? Gostou da lista? Gostou dos itens? Achou que faltou algo? Então comente aí embaixo e avalie. Lembrando que existem, sim, coisas a mais do Aquaman para leitores mais avançados na mitologia do personagem, mas aquelas que foram ilustradas aqui são as histórias de introdução. Não deixe de ler também as novas histórias que sairão do Aquaman como as do Rebirth, para ficar cada vez mais informado do personagem. E no
futuro, faremos ainda a lista com as histórias mais avançadas. Para você que acha o Aquaman inútil, melhor pensar direito!

Se você classifica ele assim, não deve ter lido nada da personagem, e bom… Se ainda assim continua achando isso, a opinião é sua, afinal. Quem leu, sabe que ele é realmente um dos melhores heróis da DC. Por que não ler um pouco sobre, não é mesmo? Você não vai se decepcionar.

[SPOILERS] : Zack Snyder confirma Caixa Materna em BVS!

O Filme solo do Ciborgue só chegará as telonas em 2020. Mas veremos o personagens muitas vezes antes de seu filme solo. Ele já fez sua primeira aparição no Universo Estendido da DC Comics em Batman Vs Superman: A Origem da Justiça. Sua aparição foi uma das mais interessantes, pois mostra o nascimento do Ciborgue. Na cena onde temos a aparição do Ciborgue no filme, podemos ver Victor Stone (Rey Fisher) com poucos membros de seu corpo, enquanto seu pai desesperadamente tenta salvar sua vida de um estado degenerativo avançado. Então seu pai usa um estranho objeto para salvar seu filho da morte. Muitos fãs estão especulando que aquele objeto não é nada menos do que a Caixa Materna das HQ’s.

Bem Zack Snyder acabou com o mistério. Ele revelou ao Entertainment Weekly que realmente, aquele objeto misterioso usado na criação do Ciborgue é uma Caixa Materna.

“Aquele foi o primeiro vislumbre da Caixa Materna. Foi um nascimento agonizante.”

Você possivelmente está se perguntando O quê é uma Caixa Materna?. Caixa Materna é um supercomputador alienígena primariamente usado pelos Novos Deuses (Grandes Seres). Zack Snyder então explica porque ele quis mostrar o nascimento do Ciborgue no filme.mother-box-dc-comics-600x324

“Eu realmente queria mostrar o nascimento do Ciborgue porque ele interpreta uma grande envolvimento que está por vir. E eu quis dar esse sentido a ele. Eu queria que a audiência soubesse de quão longe ele veio.”

O que acharam disso? Gostaram de saber mais sobre o nascimento do Ciborgue em Batman Vs Superman: A Origem da Justiça? Isso tem alguma relação com alguma coisa maior que está por vir no filme da Liga? Comentem o que acharam de saber que a Caixa Materna faz parte do nascimento do Ciborgue.

Fonte: Collider

[SPOILER] Revelada cena deletada de Batman Vs Superman

[SPOILER] Não veja se ainda não assistiu o filme. Você foi avisado. [SPOILER]

Logo após a estreia oficial de Batman Vs Superman: A Origem da Justiça nos cinemas, a Warner Bros. Pictures lançou a primeira cena deletada do filme chamado Comunhão. Pelo visto ela se passa momentos antes de Lex Luthor ser levado sob custódia na nave alienígena kryptoniana onde nasceu O Apocalipse. Mas o mais interessante é que podemos ver um ser extremamente novo, que não havíamos visto no filme antes. Será esse personagem uma referência a um vilão da Liga da Justiça?

Temos que lembrar que na cena da prisão, Lex fala ao Cavaleiro das Trevas sobre o sinal ter sido dado e que alguém estaria vindo. Será esta figura aparecida na cena deletada de quem Lex falava na prisão com o Batman?

Confira a cena abaixo e comente o que acha a respeito dessa misteriosa figura:

Fonte: Comic Book Movie

Papel do Flash em BVS será explicado em Liga da Justiça!

As filmagens de um dos filmes mais aguardados do próximo ano, Liga da Justiça, está cada vez mais perto de começar a ser filmado. As notícias sobre o filme não param, estão a todo vapor.

Em Batman Vs Superman: A Origem da Justiça tivemos exatamente isso: a Origem da Justiça, visto que uma das funções deste filme era dar início a Liga da Justiça. Nós tivemos  vários personagens secundários fazendo incríveis aparições no filme. Além de vermos o Aquaman (Jason Momoa) protegendo seu preciso lar, o oceano, também vimos uma prévia da origem do Ciborgue (Rey Fisher) no filme.

Mas de todos esses papéis especiais, definitivamente teve um que se destacou em relação aos outros e foi o papel do Flash. O Flash (Ezra Miller) aparece em uma armadura, voltando do futuro para o passado avisando Bruce Wayne de um perigo eminente que está atormentando o mundo na sua linha temporal. Em sua cena ele diz coisas como: “Louis Lane, ela é a chave!”, “Você estava certo sobre ele Bruce, Você sempre esteve certo sobre ele!”, “Você tem que nos encontrar Bruce!”. Sem sombras de dúvida o papel do Flash no filme foi muito importante, pois construiu uma ponte para o futuro filme da Liga da Justiça. Essa aparição do Flash é um dos motivos pelo qual Bruce Wayne decide procurar os os outros heróis no final do filme.

dc-comics-flash-comic-hero-1280x918-wallpaper_wwwartwallpaperhicom_75Em um vídeo (que você pode conferir abaixo, sem legendas) Deborah Snyder comenta sobre a cena onde o Flash faz sua aparição em Batman Vs Superman. Ela confirma que a ideia de Zack Snyder é que no futuro descobriremos mais coisas sobre aquela aparição.

“Isso foi o contrário de Breaking Bad, pois tínhamos um roteiro pronto. Em BvS, algumas coisas não estavam no roteiro. Então nós começamos a trabalhar com o que tínhamos. Eu acho que estávamos na metade das filmagens quando começamos a trabalhar no esboço do próximo filme e quando começamos a escrever, Zack disse ‘Oh meu deus, deixa eu adicionar isso para começar a estrada e então iremos descobrir mais informações.”

Tudo indica que aquela cena do Flash não estava originalmente programada para aparecer no filme. Snyder decidiu colocá-la quando estava no esboço de Liga da Justiça e já tinha uma noção do que a história do filme se trataria, então ele meio que quis construir uma ponte entre A Origem da Justiça e Liga da Justiça. 

Tudo indica que em breve descobriremos as respostas a várias perguntas que estão no ar. Por quê o Flash está usando uma armadura? Louis Lane é a chave para o quê? Bruce Wayne sempre esteve certo sobre quem? “As respostas estão vindo!.” “As respostas estão vindo!.” Confira o vídeo abaixo.

Liga da Justiça será dirigido por Zack Snyder (O Homem de Aço, Batman Vs Superman), com filmagens programadas para iniciarem em 16 de Abril deste ano. O filme contará com Flash (Ezra Miller), Ciborgue (Rey Fisher), Aquaman (Jason Momoa), Mulher-Maravilha (Gal Gadot), Batman (Ben Affleck), SUperman (Henry Cavil), Mera e J.K. Simmons como Comissário Jim Gordon no elenco existente do filme.

Fonte: Comic Book Movie

James Wan diz quanta influência Zack terá no filme do Aquaman

O Diretor Zack Snyder está tendo bastante trabalho para construir a Liga da Justiça no Universo Estendido da DC Comics. Além de dirigir o recém lançado Batman Vs Superman: A Origem da Justiça e ser responsável pelo vindouro filme da Liga da Justiça, Zack, pelo visto, terá influência em outros filmes do Universo Estendido da DC Comics. Pelo visto isso ocorrerá com o filme solo do Mestre do Oceano, Aquaman.

James Wan será responsável por trazer o filme solo do Aquaman. Ele é um excelente diretor e, como já disse anteriormente, seus filme de terror são muito bem criticados. O diretor já nos deixou animados com suas ideias para o filme solo do herói, como explorar mais o fato do Aquaman ser um ser-humano, além de explorar mais as profundezas do Oceano e seus monstros e criaturas, explorar mais um cenário do nosso mundo, do nosso planeta, onde não somos capazes de ir nas nossas vidas reais, como é no caso do oceano.

Mas pelo visto, James Wan terá o apoio do diretor de Batman Vs Superman: A Origem da Justiça, e do Filme da Liga da JustiçaZack Snyder – “Bem, eu acho que a história que eu gostaria de contar ainda é, no final do dia, minha história. E é isso que eu gosto a respeito de Zack, é que na verdade ele é bem respeitoso quanto a isso. Ele está me ajudando de certa forma em certas coisas que ele está fazendo com seus filmes para que eu possa ter um melhor desenvolvimento com o filme solo do Aquaman.”

O filme solo do Aquaman está programado para chegar as telas de cinema em 2018. Estão ansiosos para este filme? O que acham de James Wan como diretor do longa? Comentem!

Fonte: Comic Book Movie