Pantera Negra | Filme atinge US$ 1 bilhão em bilheteria!

É o quinto da Marvel a chegar na marca do bilhão

Pantera Negra estreou e logo se tornou um sucesso de críticas. Já se tornando um dos melhores filmes de super-heróis da Casa das Ideias. O longa que estreou há menos de 1 mês, agora atingiu a marca de US$ 1 bilhão em bilheteria (via Deadline).

O filme se tornou o primeiro filme de origem de super-herói a passar da casa de US$ 1 bilhão. É o 33º na história a ultrapassar a marca e o 16º da Disney. Além disso, é o 5º da Marvel Studios –  juntamente com VingadoresVingadores: A Era de UltronHomem de Ferro 3 e Capitão América: Guerra Civil.

Atualmente, o filme conta com cerca de US$ 531 milhões na bilheteria dos EUA e chegou a US$ 500 milhões internacionalmente. Na China estreou recentemente e somou US$ 49 milhões em dois dias.

Pantera Negra está em cartaz e já foi confirmado sua sequência!

Pantera Negra | Filme alcança US$ 700 milhões

Pantera Negra continua batendo recordes

Em seu segundo final de semana em cartaz, Pantera Negra já arrecadou mundialmente, até agora US$ 704 milhões (via Box Office Mojo).

Em seu segundo fim de semana nos EUA, o filme fez impressionantes US$ 108 milhões. Sendo o segundo filme a mais arrecadar na história no seu segundo final de semana. O filme fica atrás somente de Star Wars: O Despertar da Força.

Em 10 dias em cartaz, o filme se tornou a 3ª maior bilheteria de um filme do Universo Cinematográfico Marvel nos EUA. O filme ainda deve ultrapassar a bilheteria doméstica final de Capitão América: Guerra Civil, Homem de Ferro 3 e poderá até alcançar Os Vingadores.

O Rei de Wakanda está fazer sucesso mundialmente. Leia mais no nosso texto Pantera Negra: Um Manifesto à Negritude. E para mais informações, continue acompanhando o Mestre!

Pantera Negra: Um Manifesto à Negritude

AVISO: o texto contém pequenos spoilers

Negritude

substantivo feminino

  1. qualidade ou condição de ser negro.
  2. sentimento de orgulho racial e conscientização do valor e da riqueza cultural dos negros.
Elenco de Pantera Negra

Essa segunda definição decreta o valor (poderoso) que Pantera Negra tem no mercado cinematográfico – não só de super-heróis. Não é apenas um filme com elenco predominantemente negro, ele celebra a cultura ao colocá-la em um patamar diferente, um patamar de realeza.

Pantera Negra foi o primeiro super-herói negro – e africano – a ser protagonista nos quadrinhos. Criado por Stan Lee e Jack Kirby, fez sua estreia em The Fantastic Four #52 em julho de 1966. Agora, foi a vez da Marvel Studios lançar o primeiro filme do Rei de Wakanda – já garantido como um grande sucesso. E mesmo sendo um tanto quanto politizado, ele consegue ser um ótimo filme de ação.

A nação utópica de Wakanda

Chegando em Wakanda, o filme explora o que tem de maravilhoso na cultura africana: das vestes aos penteados; da música à arquitetura. Temos de cara o ritual de coroação de T’Challa (Chadwick Boseman), uma belíssima cena, não só de ação, mas cultural. Sem medo de transitar entre as maravilhas da cultura negra em Wakanda e os problemas enfrentados pelos mesmos fora dela, o filme consegue se desenrolar de maneira fácil de entender.

Chadwick Boseman (T’Challa) e Michael B. Jordan (Killmonger)

O vilão, Erik Killmonger (Michael B. Jordan), tem a motivação mais palpável de todos os “caras maus” dos filmes do Universo Cinematográfico Marvel. “A mais perigosa criação no mundo, em qualquer sociedade, é um homem sem nada a perder.” A frase dita por Malcolm X – líder revolucionário pelo direito dos negros – exemplifica bem o personagem de Michael B. Jordan. O vilão, em sua conversa com seu pai assassinado, mostra de maneira direta os problemas vividos na periferia da sociedade americana: “Filho, você não vai derramar uma lágrima por mim?”. “Não, pai. Aqui morre-se muito todos os dias.”

A atuação mais que convincente do ator, serve perfeitamente como antítese do personagem principal. Buscar a paz [de T’Challa] ou a vingança [de Killmonger]?

Pantera Negra incita a discussão de problemas vividos na sociedade e a celebração da cultura negra. Das diversas tribos de Wakanda ao hip-hop dos bairros negros. Embalado na trilha sonora africana e no rap de Kendrick Lamar, o filme consegue ser um excelente filme de super-herói, mas, além disso, inspira as crianças negras de todo o mundo a lutar por igualdade como T’Challa; dando esperanças e sonhos, uma vez que todos podem se sentir reis de Wakanda.

Num mundo completamente caótico em que vivemos, um filme como Pantera Negra vem para mostrar que as culturas são diferentes, mas nem por isso deixam de ser maravilhosas; vem para tratar de problemas que muitas vezes são ocultados na sociedade. Isso é bom, e quem sabe assim poderemos ter, num futuro, filmes representativos como Batwoman ou Apolo e Meia Noite. Uma coisa é certa, Pantera Negra será um marco na representatividade. Então aproveitem e curtam esse excelente filme da Marvel!

WAKANDA FOREVER!

Pantera Negra | “Esse foi o melhor filme que fizemos”, diz Kevin Feige

Kevin Feige falou sobre o filme

Pantera Negra estreou sendo sucesso de críticas e bilheteria, e quebrando barreiras. O filme ganhou elogios de diversos atores e atrizes, e agora foi a vez de Kevin Feige (via ABC News), presidente da Marvel Studios fazer um elogio que qualquer filme da Casa das Ideias queria:

O filme acabou e eu olhei pro Ryan [diretor do filme] e disse “Esse foi o melhor filme que nós já fizemos.”

Completando 18 filmes – com Pantera Negra – o Universo Cinematográfico Marvel vai chegando a seu décimo ano, com o grande evento de Vingadores: Guerra Infinita. Em meio a tanto sucesso, receber esse elogio, do próprio presidente, é um grande presente para o filme.

Você já foi conferir Pantera Negra nos cinemas? O filme está demais!

 

Pantera Negra | Martin Freeman revela que voltará para mais filmes

Martin Freeman faz parte de um dos melhores elencos da Marvel

Em uma recente entrevista ao Den of Geek (via ComicBook), Martin Freeman, intérprete do agente Everett Ross – introduzido em Capitão América: Guerra Civil – revelou que irá reprisar o papel em mais alguns filmes da Marvel.

O ator disse:

Eles me disseram o futuro do meu personagem. Eles o introduziram em Guerra Civil e disseram que havia mais alguns filmes, no qual um deles era Pantera Negra.

Até o momento não sabemos em quais filmes Freeman pode aparecer. Mas há algumas interessantes possibilidades para o personagem. Claro, a maior probabilidade seria numa sequência de Pantera Negra, mas não podemos descartar aparições em outros filmes. Lembrando que o agente da CIA, Everett Ross, é um ex-piloto da Força Aérea, podendo fazer um cameo até mesmo em Capitã Marvel, que se passará nos anos 90.

Por enquanto, você pode conferir o trabalho de Martin Freeman nos cinemas em Pantera Negra, que está sendo sucesso de critica e bilheteria.

O próximo filme do Universo Cinematográfico Marvel é o tão aguardado Vingadores: Guerra Infinita, dia 26 de abril.

Pantera Negra | Brie Larson elogiou o filme!

Pantera Negra foi elogiado pela atriz Brie Larson.

A atriz Brie Larson (Capitã Marvel), elogiou o filme, recém lançado no Brasil, Pantera Negra. O longa só irá estrear nos Estados Unidos na semana que vem, mas a Brie usou o seu twitter para incentivar os fãs a verem. Acompanhe o tweet abaixo.

Nas palavras da atriz – “Uma das melhores coisas que você pode fazer para si mesmo ou para as pessoas que ama é comprar alguns ingressos de Pantera Negra. Eu sei que é caro ir aos cinemas, mas esse vale a pena. Você vai sair impactado para sempre.” – ela afirma que o filme é uma das melhores coisas que você pode fazer.

Após os eventos de Capitão América: Guerra CivilT’Challa retorna para casa, na nação reclusa e tecnologicamente avançada de Wakanda, para servir como o novo líder. Entretanto, T’Challa logo descobre que é seu trono é desafiado por facções dentro de seu próprio país. Quando dois inimigos conspiram para destruir Wakanda, o herói conhecido como Pantera Negra precisa prevenir que o país seja levado a uma guerra mundial.

O filme já está em cartaz e as reações tem sido fantásticas, clique aqui para ver mais sobre as primeiras impressões do longa!

Pantera Negra | Michael B. Jordan se inspirou em Cidade de Deus para o filme

Pantera Negra já está em cartaz

O ator Michael B. Jordan, interprete de Killmonger, vilão de Pantera Negra, numa conversa com O Globo, disse que uma de suas inspirações para interpretar o vilão, foi o filme Cidade de Deus. Ele falou um pouco como conheceu o filme, dirigido por Fernando Meirelles e codirigido por Kátia Lund.

Quando a gente fez Fruitvale Station, vimos o filme várias vezes. E pensamos em como nós, frutos do gueto, conseguíamos entender, até sem som, os personagens do Rio de Janeiro. Fiz pesquisa para meu personagem vendo o filme de Fernando Meirelles e Kátia Lund, e ele se tornou um de meus favoritos na vida. Quando Ryan disse que ele queria que os meninos de Cidade de Deus se vissem na tela em Pantera Negra ele resumiu de uma forma bem crua o sumo deste nosso papo.

Depois dos eventos de Capitão América: Guerra Civil, T’Challa (Chadwick Boseman) retorna para Wakanda e assume como o novo rei. No entanto, sua posição de líder é desafiada por diferentes grupos, o que o coloca de volta em ação para defender seu povo e impedir que uma guerra devaste o mundo.

Pantera Negra estreou hoje nos cinemas brasileiros.

Pantera Negra | Neal Kirby diz que o pai amaria o filme!

Filho de cocriador de Pantera Negra, diz que seu pai teria amado o filme!

Conversando com o THR, o filho de Jack Kirby (cocriador de Pantera Negra), Neal Kirby, disse que seu pai adoraria o filme que foi feito pela Marvel. O filme consegue passar a mensagem que Jack gostaria que fosse passada, de acordo com o filho.

Há 50 anos, ele nunca imaginaria as posições que esse filme toma e como elas estão sendo aplaudidas por todos. Em termos de mensagem, ele sempre teve essas coisas em mente, mas nunca teria imaginado atingir um público desse tamanho.

Neal também relembrou a primeira vez que seu pai comentou sobre a ideia de criar o T’Challa. Chegou a comparar Jack com Bernie Sanders (um senador americano).

Eu lembro de um inverno quando ele me perguntou o que eu acharia de um super-herói negro nos quadrinhos. É claro que ele estava muito animado, ele sempre estava. Meu pai sempre foi uma pessoal liberal socialmente. Ele teria sido o Bernie Sanders de sua época. Ele acreditava na justiça social e na igualdade, ele achava que já estava na hora [de um super-herói negro].

Após os eventos de Capitão América: Guerra CivilT’Challa retorna para casa, na nação reclusa e tecnologicamente avançada de Wakanda, para servir como o novo líder. Entretanto, T’Challa logo descobre que é seu trono é desafiado por facções dentro de seu próprio país. Quando dois inimigos conspiram para destruir Wakanda, o herói conhecido como Pantera Negra precisa prevenir que o país seja levado a uma guerra mundial.

O filme já está em cartaz e as reações tem sido fantásticas, clique aqui para ver mais sobre as primeiras impressões do longa!

Pantera Negra | Primeiras reações ao filme são extremamente positivas!

Wakanda vive! Aconteceu nesta segunda-feira (29) a pré-estreia de Pantera Negra no tradicional Dolby Theatre em Los Angeles, e as primeiras reações da crítica são tudo o que esperávamos e mais um pouco.

Entre os maiores elogios recebidos pelo filme dirigido por Ryan Coogler, a imprensa presente destaca a representatividade negra, a mensagem do filme e o vilão de Michael B. Jordan. Muitos críticos exaltam também uma intensa dedicação do filme aos laços familiares, e às personagens de Letitia Wright, que vive Shuri, a irmã de T’Challa (Chadwick Boseman), e Danai Gurira, como a guerreira Okoye.

Natasha Alford, editora do site The Grio, destacou:

 As nuances e os detalhes na narrativa de Pantera Negra são impecáveis. Não senti indulgência, estereótipo ou desinteresse. Eu me senti incrivelmente orgulhosa a cada momento e com esses personagens fictícios. Isso é uma conquista e tanto.

Se você não entende o poder da representação, imagine crescer sem nunca ter visto um super-herói que se parece com você. Quando as bonecas American Dolls foram lançadas, eu sempre escolhia a Addy que tinha escapado da escravidão. Mas agora as crianças têm Nakia, Shuri e Okoye. Excelente em muitos níveis.

Tre’vell Anderson, do Los Angeles Times, elogia:

Pantera Negra é uma carta de amor sobre negritude, para um mundo que frequentemente a marginaliza sem perceber que é sobre as costas dos negros que este planeta gira.

A sobrevivência desse mundo está no nosso sangue.

Já ReBecca Theodore-Vachon, que escreve ocasionalmente para a EWForbes e New York Times, diz:

A direção de arte de Hannah Beachler é adorável – e a fotografia de Rachel Morrison, whew! De longe o melhor visual em qualquer filme do MCU.

E a representação de mulheres negras fez eu me sentir vista, de uma forma que nenhum outro filme de super-herói fez bem. Shuri, interpretada por Letitia Wright, é absolutamente incrível. Eu amo que Shuri está tão confortável com seu brilhantismo e genialidade. Suas cenas com T’Challa são muito divertidas.

Lupita Nyong’o e Danai Gurira esquentam as coisas. Suas cenas de ação fazem o público torcer e aplaudir. Amei cada segundo.

E os elogios para Eric Killmonger também não param.

Michael B. Jordan é o melhor vilão do UCM até agora. Seus comentários sobre colonialismo e suas motivações definidas pelo imperialismo… yo”, comentou Brandon Norwood, revelando também que há um enorme potencial de spin-off dentro e fora de Wakanda com os personagens.

O arco de Eric Killmonger vai ressoar com cada afro-americano que cresceu aqui. Me fez lacrimejar, trancar os dentes, e me destruiu antes dos créditos”, revelou o roteirista Mellow Marketer.

Peter Sciretta, do SlashFilm, escreveu:

Pantera Negra é completamente diferente de qualquer outro filme da Marvel até agora. É um banquete visualmente. Wakanda é maravilhosa, o antagonista de fato tem um arco com motivações emocionais. O filme mais político da Marvel.

Erick Ohn, do IndieWire, destacou:

Pantera Negra é atraente em muitos níveis: visualmente incrível, mas o mais importante, tão imprevisível. Incrível assistir a um grande blockbuster celebrar sua negritude enquanto explora o seu relacionamento com várias facetas da cultura pop.

Kyle Buchanan, da Vulture, comenta:

A MPV [jogadora mais valiosa] de Pantera Negra é a efervescente e hilária Shuri, de Letitia Wright. Quero uma edição da Shuri, um spinoff da Shuri, uma coleção de roupas esportivas da Shuri na Cerimônia de Abertura, e quero isso tudo agora.

Teria janeiro já nos dado um favorito ao Oscar? Porque boa sorte a qualquer um que tentar tirar o troféu de melhor figurino da figurinista de Pantera Negra, Ruth Carter. As Dora Milaje gostariam de uma palavra.

Jen Yamato, do Los Angeles Times, conta:

Pantera Negra é incrível, cinético, com propósito. Um filme de super-herói sobre o porquê de representação e identidade serem importantes, e o quão trágico é quando essas coisas são negadas às pessoas. O primeiro filme do UCM sobre algo real; o Killmonger de Michael B. Jordan me fez lacrimejar e ele é o VILÃO.

Steven Weintraub, do Collider, conta:

Marvel fez isso de novo com Pantera Negra. Muito impressionado com a história e com a cinematografia. Michael B. Jordan destrói como vilão e é o melhor desde Loki. E a Danai Gurira arrasa tanto e eu amo cada segundo de tudo isso. Vai lucrar muito.

Já David Ehrlich, do IndieWire, foi ligeiramente contra a corrente:

Pantera Negra é como um filme da Marvel, só que melhor. A ação é previsivelmente ruim, mas este é o primeiro filme do UCM que tem de verdade algum senso de identidade, história e musicalidade. Wakanda vive. Todo o elenco é ótimo mas as mulheres roubam a cena — Danai Gurira!

Fonte: AdoroCinema

Pantera Negra | Novo teaser foca nas Dora Milaje!

Novo teaser de Pantera Negra foca nas Dora Milaje.

Foi divulgado um novo teaser de Pantera Negra e dessa vez ele é focado nas Dora Milaje a importante guarda real do rei. Confira o teaser abaixo.

[arve url=”https://www.youtube.com/watch?v=mSAgLsrZG2Q” /]

As Dora Milaje são um grupo de mulheres guerreiras que atuam como guarda-costas do rei. Segundo a tradição, também seriam as candidatas a rainha para um rei não casado. Cada uma dessas guerreiras vinha de uma tribo diferente de Wakanda.

O filme tem data marcada de estreia para o dia 15 de fevereiro de 2018 e já se tornou o filme com a maior pré-venda da Marvel.

Fonte: Jovem Nerd