in

Chris Evans Fala sobre deixar o manto de Capitão América

No próximo verão,  Avengers: Infinity War unirá vários dos heróis do MCU na última luta contra o sinistro Thanos. Chris Evans, que desempenhou o papel de Capitão América desde a estréia cinematográfica do personagem em 2011,  começa a filmar o projeto em maio com o filme Vingadores Guerra infinita e quarto filme subsequente marcando o fim das obrigações contratuais. Em uma entrevista com o USA Today, Evans discutiu seu futuro como Capitão América e a possibilidade de entregar o papel a um novo ator.

Chris Evans explicou por que se aposentar do papel e entregá-lo a um novo ator poderia ser bom: que

“Eu estaria mentindo se eu dissesse que não seria difícil para mim, mas o passar do tempo eo passar das tochas é parte da experiência. Nada dura para sempre. Há uma beleza nessa partida, mesmo que às vezes possa ser triste. Também é alegre.

Evans explicou por que ele estaria bem, independentemente da decisão tomada sobre o futuro do personagem.

“Eu tive uma ótima corrida. Super-heróis são entidades reinventáveis, como Batman ou mesmo James Bond. Estes filmes encontram novas encarnações e novas maneiras de contar a história. Eu sou tudo para ele. No entanto, eles querem prosseguir após Vingadores 4,  é realmente até ele. Eu vou embora sem arrependimentos e infinitamente grato. “

Evans também tocou no futuro de Robert Downey Jr. como Tony Stark / Iron Man.

“Downey está muito mais perto de chegar a esse ponto onde ele pode ir embora. E eu não sei como você substitui Downey como Tony Stark. Não sei quem mais pode fazer isso”

Vingadores: Guerra infinita será lançado nos cinemas em 4 de maio de 2018.

Fonte:  USA Today

VOTE NESSE POST

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diretora de “Mulher Maravilha” fala sobre pegada cômica em filme.

The Walking Dead tem menor audiência em 5 anos.