Animais Fantásticos | Sequência no Brasil é possível!

Escola de magia e bruxaria brasileira existe no universo mágico de J.K. Rowling!

Já é de conhecimento comum e popular que a saga “Animais Fantásticos” – derivada de “Harry Potter” – terá um total de cinco filmes. A ideia dessa franquia é funcionar como uma expansão do universo bruxo já apresentado nos cinemas através das 8 produções originais de sua saga matriz. Dito isso, uma forte teoria se espalhou entre os fãs graças à um tweet feito pela escritora da saga, a britânica J.K. Rowling.

Ao ser perguntada por um fã sobre a quantidade de filmes que a franquia teria, a autora respondeu: “5. Five. Cinq. Fünf. Cinco. Cinque”. Não demorou muito para que os fãs da série começassem a suspeitar da resposta da escritora, que utilizou a nomenclatura por extenso do número cinco em cinco idiomas diferentes, além de sua representação cardinal. A teoria que se tornou rapidamente popular é a que conecta a ordem dos idiomas utilizados com a ordem dos filmes que serão lançados.

O primeiro idioma utilizado foi o inglês, com “five”, e de fato, o primeiro filme se passa em Nova York. Depois, veio “cinq”, em francês, e “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindewald” se passará em Paris, na França. Se seguirmos essa ordem, o quarto idioma a aparecer pode ser português ou espanhol, já que ela utilizou a escrita “cinco”. Portugal, Espanha, México, vários países podem ser cogitados nesse caso. Porém, só um país que fala português ou espanhol possui uma escola de magia e bruxaria.

Quarto filme no Brasil? Possibilidade é discutida entre os fãs. (Logo Fantasia por OMDHQ)

A escola de Castelobruxo, sediada no Brasil, é uma das escolas mais importantes no universo mágico de JK, sendo referência na comunidade bruxa internacional em áreas como Herbologia e Magizoologia. Outro ponto que reforça muito a teoria de um quarto filme por essas bandas é a forte relação de Newt Scamander, protagonista do primeiro filme, com essas áreas do estudo da magia. Apesar de não sabermos como o segundo e o terceiro filme vão se desenrolar, essa ligação já favoreceria uma visita dele à escola de magia e bruxaria brasileira.

Mesmo com tantos fatores indicativos, infelizmente ainda não temos como afirmar de fato que teremos um filme de “Animais Fantásticos” utilizando o Brasil como plano de fundo. Porém temos muitos motivos para ficar animados com a possibilidade, visto que já sabemos, através de texto publicado no Pottermore, que a fauna e a flora mágica do Brasil é bem vasta, e o lugar onde Castelobruxo é estabelecido é muito interessante e cheio de mistérios: Um prato cheio para um excelente filme. Só nos resta especular.

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald tem estreia marcada para o dia 15 de novembro.

Crítica Jogador N° 1 – Uma Ode à Cultura pop

Jogador N° 1 img 1

Na última terça-feira, dia 27 me aconteceu algo poderia ser normal para qualquer pessoa, Steven Spielberg me surpreendeu novamente. Ao começar a assistir Jogador N° 1 fui homenageado dentro de outra realidade; aquela da qual todo jovem nerd, que joga videogames, assiste a desenhos, e se entope de toda cultura pop disponível em sua volta vive. Jogador N° 1 não é um filme qualquer, não simples tampouco complexo, mas sim um grito de júbilo de toda uma geração de jogadores, leitores, e telespectadores da “Nerdosidade” existente no mundo.

Direção:

Jogador N° 1 img 2

Como agradecer a um diretor que é mundialmente conhecido e tem o mundo em suas mãos? Eu não sei exatamente como, mas o meu sentimento por esse filme é gratidão total. Steven Spielberg não só acertou a mão em um filme ele equilibrou a história toda na medida certa entre cenas de romance, de comédia, até mesmo de suspense e terror ( como assim? Só vendo). Mas diria que o ponto mais forte da direção do filme é que ele se explica sempre, não deixando ninguém perdido na trama, e o filme se sustenta mesmo sem as milhões de referências colocadas em cada take do filme; Além de estar sempre em perfeito equilíbrio entre mundo real e o Oasis ( o mundo virtual).

Roteiro:

Roteiristas tem o poder de fazer a história ter ótimos começos meios e fins, e nesse filme isso acontece perfeitamente. Eu posso não ter lido o livro da qual o roteiro foi adaptado, mas como filme a história se manteve instigante, e o tempo todo nos fazendo sentir dentro da história.

Atuação:

Jogador N° 1 img

Tye Sheridan (Wade Watts), Olivia Cooke (Samantha) e o grande Mark Rylance (James Halliday) são os destaques do filme em atuação. No entanto, não podemos deixar de lado o restante do elenco, que funciona perfeitamente, todos foram muito bem, dos personagens que dão toque emotivo até os alívios cômicos.

Trilha Sonora

Quando se trata de trilha sonora, tudo que John Williams bota a mão dá super certo. Em conjunto com Alan Silvestri, conseguem nos causar impacto mais do que satisfatório. Em momentos de tensão ela está lá, em momentos de aventura nos deixa animados, tudo isso sem perder a identidade. As músicas dos anos 80 utilizadas no longa nos dão a sensação de nostalgia mais completa dentro da história.

Efeitos especiais:

Jogador N° 1 img 3

Os efeitos especiais do filme são muito bem produzidos. A transição de mundo real pra virtual as vezes só é perceptível pelos personagens do mundo virtual. O filme conta com uma cena de batalha épica, onde milhares de personagens da cultura pop criados por CGI são colocados juntos de forma gloriosa. O mais impressionante nisso tudo, é que tudo isso foi feito com um baixíssimo orçamento, provando mais uma vez que se querem fazer algo direito basta querer.

Pontos fortes e fracos:

Relutei bastante para pensar em algum tipo de defeito que o filme pudesse ter, mas não achei nada que fosse alarmante, ou até mesmo mínimo. Posso dizer que nem seria um ponto fraco, mas talvez para uma pessoa que não curta esse “universo” pode ser que o filme se torne desinteressante.

Portanto vou deixar uma dica de ouro. Se quiser ver o filme assista antes:

  • Gundam
  • O Iluminado
  • De volta para o futuro
  • O gigante de ferro

Conclusão:

Jogador N° 1 não é só um filme, ta longe de ser só um filminho pra crianças, mas sim diria que ele é um marco. Gerações antigas poderão se deliciar com as mais diversas referências de video game à filmes como de volta para o futuro, de músicas de bandas como Beegees a Twisted Sister; e as novas por sua vez, ficarem loucas de verem jogos de Halo à Overwatch na tela do cinema. Finalizando, pode-se chamar de uma obra prima, uma poesia jubilosa, uma ode a cultura pop.

Nota: 5 / 5

Nickelodeon | Dan Schneider é demitido da empresa!

O criador já trabalhava na Nickelodeon há décadas!

Com informações do Deadline, o criador e diretor, Dan Schneider foi demitido da Nickelodeon. Mesmo que você não reconheça o nome, com certeza você sabe o nome de alguns de seus trabalhos; Schneider foi o criador de séries como Drake & Josh, iCarly, Brilhante Victória e Kenan & Kel.

O comunicado oficial frisa que foi de entendimento, de ambas as partes, que a melhor opção seria o afastamento de Dan da empresa, acompanhe ao lado. “Após muitas conversas sobre novas direções e oportunidades, a Nickelodeon e nosso parceiro criativo de muitos anos, Dan Schneider e sua produtora Schneider’s Bakery, concordaram em não renovar seu contato de parceria“.

Mesmo com a nota, há uma especulação de que o diretor havia sido demitido por conter inúmeras acusações de assedio, por parte de membros da equipe e atrizes, mas isso não foi confirmado. Recentemente, muitas denuncias de assedio estão vindo a tona e com certeza esse boato pode ser real.

Capitã Marvel | Coulson e outros personagens retornam para o filme!

Coulson voltou para as telonas!

A Marvel oficializou hoje o inicio das gravações de Capitã Marvel. E junto a isso, surpreendeu os fãs com outro anúncio: o retorno do Agente Phil Coulson (interpretado por Clark Gregg). Isso mesmo! O protagonista de Agents of Shield foi um personagem importante na Fase 1 da Marvel e foi o principal motivo para a união dos Vingadores – depois da sua morte.

Desde seu renascimento na série da ABC, os fãs vem pedindo por Coulson nos filmes novamente. Rumores apontaram uma participação sua em Vingadores: Guerra Infinita, mas nada foi confirmado. Agora podemos ficar felizes com o retorno do querido agente no filme da Capitã Marvel, que se passará nos anos 90.

Além de Clark Gregg, Lee PaceRonan, o Acusador – também foi confirmado no elenco. Fazendo sentido Ronan aparecer nesse filme, lembrando que os poderes de Carol Denvers tem origem Kree. E ainda conta com o retorno de Samuel L. Jackson no papel de Nick Fury.

Agora, o elenco todo confirmado foi Brie Larson, Samuel L. Jackson, Ben Mendelsohn, Djimon Hounsou, Lee Pace, Lashana Lynch, Gemma Chan, Algenis Perez Soto, Rune Temte, McKenna Grace, com Clark Gregg, e Jude Law.

Ainda foi revelado a sinopse do filme. Confira:

Baseada na personagem que apareceu pela primeira vez no quadrinhos Marvel em 1968, a história mostra Carol Danvers quando ela se torna uma das heroínas mais poderosas do universo, quando a Terra é pega no meio de uma guerra galática entre duas raças alienígenas. Passando em 1990, Capitã Marvel é uma aventura completamente nova, de um período da história ainda não visto no Universo Cinematográfico Marvel. 

Capitã Marvel estreia dia 8 de março de 2019.

Chris Pratt vem ao Brasil para promover Vingadores: Guerra Infinita!

A Disney anuncia nesta segunda-feira, 26 de abril, a vinda do ator Chris Pratt ao Brasil.

Chris vem para uma tour promocional do filme “Vingadores: Guerra Infinita”, da Marvel Studios, que estreia no dia 26 de abril. No filme, Pratt interpreta o Senhor das Estrelas, líder dos Guardiões da Galáxia. Ele estará no Brasil na primeira semana de abril e participará de um evento exclusivo para fãs e convidados em São Paulo. É a primeira vez que o ator vem ao país.

Além de “Vingadores: Guerra Infinita”, Chris Pratt também participou de “Guardiões da Galáxia” e “Guardiões da Galáxia Vol.2”, ambos da Marvel Studios.

Em uma jornada cinematográfica sem precedentes que está sendo elaborada há dez anos e abrange todo o Universo Cinematográfico Marvel, “Vingadores: Guerra Infinita”, da Marvel Studios, leva às telas o maior e mais mortal confronto de todos os tempos. Os Vingadores e seus aliados Super Heróis devem se dispor a sacrificar tudo em uma tentativa de derrotar o poderoso Thanos antes que seu ataque de devastação e ruina dê um fim ao universo.

Anthony e Joe Russo dirigem o filme, que tem produção Kevin Feige. Louis D’Esposito, Victoria Alonso, Michael Grillo, Trinh Tran, Jon Favreau, James Gunn, Stan Lee realizam a produção executiva. O roteiro é de Christopher Markus & Stephen McFeely. “Vingadores: Guerra Infinita” estreia nos cinemas brasileiros em 26 de abril de 2018.

 

Fonte: Disney / Marvel Studios

Vingadores 4 | Chris Evans sairá do MCU após o filme!

O ator ainda irá participar dos dois últimos Vingadores.

De acordo com o The New York Times, que entrevistou o ator, Chris Evans não pretende fazer mais filmes da Marvel após Vingadores 4Chris já mostrava vontade de sair desse universo, mas só foi confirmou sua saída recentemente.

O ator não tem planos de voltar para o MCU, em suas palavras – “Você deve sair do trem antes que te empurrem para fora.”Evans só está esperando as refilmagens do próximo filme para poder se despedir da franquia.

Vingadores: Guerra Infinita estreia em 26 de abril de 2018 e sua sequência em maio de 2019.

The Walking Dead | Ator diz que oitava temporada terá final satisfatório.

O ator prometeu que o final da temporada de The Walking Dead será satisfatório.

Com uma queda de audiência, por conta da oitava temporada, The Walking Dead tem lutado cada vez mais para manter seu publico ligado na série. O ator Norman Reedus (Daryl), deu uma entrevista ao Entertainment Weekly e lá ele comentou sobre como será o final da temporada.

Há quatro coisas que acontecem no último episódio e tudo ao mesmo tempo. A trama segue diferentes direções e todas são boas, muito satisfatórias. Eu gostei de tudo, gosto que não seja apenas sobre a história de um personagem. Há provavelmente quatro, talvez até cinco, direções diferentes que a série poderia ter tomado para terminar e ela tomou todas elas. É muito satisfatório.

Em suas palavras, Reedus prometeu que o final será satisfatório e que isso será devido a quatro elementos presentes no episódio.

E aí, o que você achou das afirmações do ator? O capítulo final da temporada vai ao ar no dia 15 de abril nos canais Fox e Fox Premium.

Constantine será personagem regular em Legends of Tomorrow

A série do Constantine foi ao ar em 2014.

A série do Mestre das Artes Ocultas, Constantine, foi cancelada prematuramente – antes mesmo do fim de seu temporada. Tendo apenas 13 episódios, ganhou uma legião de fãs. O visual e a atuação de Matt Ryan logo conquistaram o público.

A série chegou a mudar de emissora, da NBC para a CW. Com isso, o mago ganhou uma participação, muito elogiada, na quarta temporada de Arrow. Assim, apesar de uma segunda temporada não acontecer, Constantine ganhou uma série animada, no Arrowverse, nos moldes de Vixen – pela CW Speed. Dublado pelo seu interprete Matt Ryan.

Nesta temporada de Legends of Tomorrow, série derivada de Arrow e The Flash, Constantine ganhou algumas participações. Agradando aos fãs da série e aos fãs do seriado de Matt Ryan. Agora a CW, mesmo ainda não tempo confirmado a renovação da série, confirmou o mago como um personagem regular da série! Para a felicidade de todos. Agora só esperamos a renovação confirmada da quarta temporada das Lendas.

Star Wars: Os Últimos Jedi | Documentário sobre os bastidores!

O documentário dos bastidores do último filme de Star Wars foi mostrado.

O documentário, The Director and the Jedi, retratando os bastidores de Star Wars: Os Últimos Jedi foi exibido no SXSW, em Austin, Texas. Porém, para quem não estava presente, será possível assistir aos primeiros 12 minutos do longa dirigido por Anthony Wonke. Confira abaixo.

Em Star Wars: Os Últimos Jedi, da Lucasfilm, a saga da família Skywalkercontinua quando os heróis de O Despertar da Força se unem a lendas da galáxia em uma aventura épica que desvenda antigos mistérios da Força e revelações surpreendentes do passado.

O Blu-ray da obra, com cenas extras, será lançado em 28 de março no Brasil. O filme arrecadou mais de U$1,3 bi.

[Crítica] Medo Profundo (2018)

No último dia 8 estreou nos cinemas, Medo Profundo.

Com um visual bonito, mas uma história pouquíssimo cativante, Medo profundo chega aos cinemas. O filme tenta contar um suspense de filmes de tubarão, e até segue isso bem, porém alguns dos elementos necessários pra isso ficaram de fora. Vamos aos quesitos que Julgamos no filme.

Direção:

Johannes Roberts, nos entregou um filme clássico de tubarões, porém simples demais, não sei se a ideia era fazer um filme mais “Realista”, mas temos que concordar que realismo em filmes de tubarão tornam as coisas muito monótonas. A fotografia do filme é boa só até a parte em que as Jovens ficam presas embaixo d’água (ok isso não é spoiler, tá nos trailers). Depois disso vemos um vasto nada do fundo do mar, é plausível, entretanto não impressiona ninguém.

Roteiro

Não sei se deveria dar os parabéns ou criticar por conseguirem preencher com conversas embaixo d’água com um monte de nada em volta durante 1 hora de filme, aproximadamente. Mas vamos do início, o enredo do filme é simples demais, a história é óbvia? Sim, poderiam deixar isso melhor, porém ao invés disso nos vemos presos com duas jovens com uma série de diálogos desnecessários no fundo do mar; e quando fazem isso e nada acontece durante 20 minutos, fica pior ainda. E a desculpa pelo qual acontece tudo é muito fraca, não vou dizer o motivo, mas é fraca mesmo. O final é até interessante, mas podiam tê-lo feito melhor e mais curto.

Atuação

Queria poder dizer que a atuação é um ponto forte; Mandy Moore até foi bem, fez uma menina medrosa e em choque pelo que passava, mas não passa disso; acredito que pela fraqueza de roteiro. Ela foi o destaque do filme, em todo o resto nada mais nada menos que atuações medianas.

Trilha Sonora

A trilha sonora pra um filme de tubarões deveria ser marcante, e nos ajudar a introduzir o espectador na trama. Fazê-los ter variadas sensações, é o que um filme de suspense deveria ser, Mas esse faz isso, aqui ou ali de formas muito isoladas, as vezes acertam as vezes erram. Poucas foram as vezes que tive um susto ou aflição, numa película como essa isso seria como um ponto fraco.

Efeitos especiais

Em efeitos especiais, em grande parte do filme se saíram muito bens os tubarões pareciam bem reais e davam medo, apenas no final que tivemos uma pequena queda de qualidade nesse quesito, em todo o resto foi muito bem.

 Conclusão:

Medo Profundo erra bastante por conta do seu raso roteiro, tem poucas cenas marcantes e bons efeitos em quase todo o filme. Nem tudo é ruim a ponto de ser um filme “não assistível”, ele pode te divertir em um dia sem muito o que pensar e só. No Entanto, essa é só a minha opinião, o melhor é que vocês vejam e tenham a própria opinião.