VEM AÍ! NOSSA COBERTURA DA #GGRF18

DE 20 A 22 DE JULHO NO RIOCENTRO - RIO DE JANEIRO, RJ

Dias
Horas
Min.
Seg.

Comic Con Experience 2017 | Então, valeu a pena?

COMPARTILHAR
TUÍTE ISSO AGORA
ENVIE NO WHATSAPP

Galera, faremos agora um breve (mas não tão breve assim) resumo e uma crítica do que foi a Comic Con Experience que ocorreu em São Paulo, dos dias 6 à 10/12 diretamente da São Paulo Expo. Eu e Beatriz visitamos a feira para conferir as atrações e os estandes. Dá só uma olhada, no que vimos por lá:

Comic Con Experience (São Paulo – 09/12/2017) – Por Luciano Vaz:

Pois é, galera! Terceiro dia de CCXP aqui em São Paulo, mas o primeiro para nós redatores aqui do O Mestre da HQ.  Eu e Beatriz acabamos de chegar no São Paulo Expo. Olho para fora da janela do carro e simplesmente vejo um mar de gente andando e correndo para chegar o mais rápido na feira. Muitos já estavam lá dentro, com seus colchonetes e mochilas embaixo do braço, dormindo na fila para conseguir o melhor lugar na plateia dos três auditórios espalhados pela CCXP para poderem ver seus ídolos nacionais e internacionais de mais perto e conferir as novidades exclusivas de cada painel exibido. Bem, não foi nosso caso… até o instante momento.

Chegando na São Paulo Expo, enfrentamos uma fila de aproximadamente 2 ou 3 mil pessoas! Sério, é isso mesmo o que estou falando! Mas tudo muito bem organizado e a galera super educada (não, não é deboche) esperando a sua vez de entrar.  Finalmente, conseguimos entrar nos pavilhões da São Paulo Expo e simplesmente fiquei emocionado de ver tudo aquilo lá dentro. Depois de alguns segundos retomo a consciência, e vejo minha namorada (vulgo, Beatriz) quase chorando de emoção em frente a um Sansão de quase dois metros de altura. Pra quem não sabe, o Sansão que me refiro, é aquele coelhinho azul da Mônica que o Cebolinha vive roubando. Pois bem, vamos tentar tirar uma foto com o Sansão? Vamos? Não, não vamos! Já tinha uma fila quilométrica e se ficássemos parados por lá esperando, estaríamos por lá, até agora e não teria saído essa crítica até hoje. Tentamos rodar a feira, para ver os estandes e conhecer um pouco mais daquilo tudo. E o que encontramos? Isso mesmo, FILAS! Paramos e pensamos bem: Temos dois dias para curtir e conhecer isso tudo. Enfrentar algumas filas não é nada, poxa!  E então vamos lá. Encontrei o estande da Universal Studios, tinha uma fila para tirar foto com as asas de Lúcifer, que tem o seriado com o mesmo nome no Universal. Nessa brincadeira “perdemos” quase uns 40 minutos. Mas nada que desanimasse a gente e assim foi por toda a feira! No estande da Ruffles, no estande da NETFLIX, no estande do Submarino e assim vai. Tinha até fila para ir ao banheiro! Mas é de praxe. Um evento enorme desses, com o número de gente que estava lá dentro, era de se esperar.

Mas enfim, depois de tanto elogiar, eu gostaria de fazer uma reclamação (pois é, nem tudo é perfeito). Depois de tanto rodar a feira e de andar pra lá e pra cá, tínhamos que descansar um pouco e o gordo aqui, obviamente, sente fome (mas não é constantemente, relaxe). Os preços das lanchonetes estão bem salgados, se assemelhando até mesmo ao uma lanchonete de aeroporto, onde um simples pão de queijo era R$ 1,00. O preço dos cardápios variam de R$ 25,00 até R$ 60,00. E isso, num simples combo de batata, refrigerante e hambúrguer. Acho que deveriam pensar mais um pouco mais na galera que não tem condições de pagar tudo isso e juntou seu suado dinheirinho pra comprar aquela tão sonhada action figure. Mas de resto, tudo ocorreu bem e foi simplesmente maravilhoso.

Por fim, aos 45 minutos do segundo tempo, conseguimos entrar no Auditório Cinemark, onde ficava as principais atrações do dia e conseguimos assistir ao painel da NETFLIX, com o elenco de Altered Carbon e logo em seguida com o pessoal de 3% (onde infelizmente, muita gente abandonou o painel). Logo em seguida como “castigo” para essa galera que saiu do painel e pra delírio dos que ficaram, foram exibidos cenas do último episódio e seu respectivo Making Of, para delírio de todos que permaneceram e para o choro daqueles que saíram…

Dá uma olhada agora na crítica aos olhos da Beatriz, do último dia de CCXP:

Comic Con Experience (São Paulo – 10/12/2017) – Por Beatriz Fonseca:

Último dia de CCXP! Todos que já participaram, dizem que sábado é o dia mais cheio, porém, ESTAVA LOTADO! Parecia o dobro de sábado, sinceramente. Foi um dia mais leve, onde se pode entrar em TODAS as milhares de filas para conseguir conhecer os estandes, ganhar os brindes, buscar preços, tirar fotos e coisas do tipo. O ruim de fazer tudo isso no último dia, é que os brindes acabam muito rápido, e você acaba ficando na fila à toa, como as crianças tentando voltar pra casa no Caverna do Dragão e nunca conseguem.

Sinceramente, eu esperava mais! É um festival, cheio de estandes e coisas pra ser ver, e isso é ótimo, mas, esperava mais. A atração do dia foram os painéis, como a da Netflix que teve o tio Will Smith. O que me lembra uma crítica, se você faz um evento para mais de 200 mil pessoas, por que faz uma sala para painel com menos de 10 mil lugares? NÃO FAZ SENTIDO! Ninguém precisa madrugar na fila para conseguir entrar, e sim, para conseguir bons lugares, isso é regra básica para uma prestação de serviço descente. Se você pagou, tem que ter direito a usurfruir do que é oferecido, pelo menos o mínimo de chance, pelo menos 10 % de lugares pelo número de ingressos vendidos, ou como disseram acontecer em outros anos, passar os conteúdos que não são exclusivos no telão gigante tem na entrada.

FILAS, FILAS, FILAS! Tudo que te falaram sobre as filas é verdade, porém, se você não conhecer o lugar primeiro, você nunca vai saber onde ir! Tem muita coisa boa que não tem filas imensas, e você consegue com mais facilidade. Exemplo: O estande de uma marca de café estava VAZIO, na frente da fila da loja do Harry Potter, que tinha uma espera estimada de 4 HORAS! Exatamente na frente, e só tinha 1 PESSOA NA FILA! E você não estava comprando, eles estavam distribuindo produtos. Isso mesmo, DE GRAÇA!

Concluindo, é um lugar libertador! Você se veste do que quiser, compra o que quiser, come o que quiser, ninguém te julga, ninguém briga por DC x MARVEL, ninguém critica seu gosto por Glee, e você conhece pessoas de muitos lugares que nunca ouviu falar, é incrível. Além de ter a oportunidade de ouvir coisas exclusivas nos grandes painéis, que você assiste no YOUTUBE depois da Comic Com San Diego que eu sei, e faz parte disso ao vivo, com os atores e produtores, é bem emocionante. Para terminar, fica aqui o meu apelo: LIBEREM MAIS ENTRADAS PARA A IMPRENSA! Tenho certeza que é impossível cobrir tudo sem muita imprensa envolvida.

Fiquem agora com uma galeria de fotos de tudo o que ocorreu nesses dois dias de CCXP, em que nós comparecemos. Um abraço!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Os irmãos mais retardas na GGRF 2018!

Os irmãos mais retardas na GGRF 2018!

[CRÍTICA] Os Incríveis 2 | O mundo sempre volta a ficar em perigo

[CRÍTICA] Os Incríveis 2 | O mundo sempre volta a ficar em perigo

Steve Ditko, co-criador do Homem-Aranha e Doutor estranho, morre aos 90 anos

Steve Ditko, co-criador do Homem-Aranha e Doutor estranho, morre aos 90 anos

Dicas para aproveitar a GGRF 2018!

Dicas para aproveitar a GGRF 2018!

NOSSO INSTAGRAM

v4.5-NewHorizon - crafted with ♡ by @mattzbarbosa
© 2018. O Mestre da HQ - Todos os direitos reservados