VEM AÍ! NOSSA COBERTURA DA #GGRF18

DE 20 A 22 DE JULHO NO RIOCENTRO - RIO DE JANEIRO, RJ

Dias
Horas
Min.
Seg.

Crítica – Homem-Aranha: De volta ao lar – “O real valor de Peter Parker”

COMPARTILHAR
TUÍTE ISSO AGORA
ENVIE NO WHATSAPP

Junte referências aos quadrinhos, um bom roteiro, elementos de filmes clássicos e Voilà, chegamos a Homem-Aranha: De volta ao lar. E que volta senhoras e senhores, o carisma do jovem Tom Holland, combinado ao brilhantismo do diretor Jon Watts e seu time de roteiristas entregam uma experiência aguardada há muito tempo por nós: A real essência do Peter Parker/ Homem-Aranha dos quadrinhos e todos os fatores que fazem dele um herói icônico no qual nos identificamos e amamos tanto.

O blockbuster surge como fruto da parceria entre Sony Marvel e realiza por completo um sonho que nasceu em 2012 após o lançamento de The Avengers e se concretizou em partes em Capitão América – Guerra Civil: O aranha como parte do Universo Cinematográfico Marvel.

Resultado de imagem para spider man homecoming

A Trama

Logo de cara vemos que o filme possui o propósito de trazer respostas para perguntas como: O que aconteceu após a Batalha de Nova York? e Para onde foram os destroços dela? (Os vingadores, 2012). A ambientação do filme nos leva à uma das experiências mais imersivas do que é ser um herói adolescente, do funcionamento de sua mente e acima de tudo nos faz sentir na pele que quão maiores os poderes que possuímos, maior a responsabilidade que cai sobre nossos ombros. A  trama tem como um de seus principais desafios apresentar o Aranha como parte do Universo Cinematográfico Marvel, algo consolidado e que vem sendo construído desde 2008 com o lançamento do primeiro longa do Homem de Ferro.

O longa acerta em cheio ao fugir dos esteriótipos e apresenta uma visão atual do que é ser um Nerd, Mas calma, apesar de fugir do clichê, ela carrega toda a essência dos desafios, mudanças e dificuldades que ocorrem com qualquer adolescente. Peter Parker (Homem-Aranha/Tom Holland) é um jovem de 15 anos, alguém aprendendo a lidar com seus poderes ao mesmo tempo que tenta se “encaixar” nos padrões de alguém normal sem perder seus princípios do que é o certo a se fazer, e de como não devemos utilizar as vantagens que possuímos sobre os demais (No caso dele, seus poderes) como forma de nos darmos bem ou sermos populares. Vemos também alguém entusiasmado em fazer parte dos Vingadores ao mesmo tempo que deseja ser útil à eles, conquistando seu espaço em meio a seres tão fantásticos, afinal, quem nunca sonhou em um dia estar ao lado de seus ídolos? 

“Homem-Aranha: De volta ao lar não é um “Iron Man 4

Tony Stark (Homem de Ferro/Robert Downey Jr) é apresentado na medida certa como um mentor que está lá para guiar a construção do caráter de Peter, algo que é bem aparente em cenas como as do trailer, onde diz que se ele (Peter) não é ninguém sem seu uniforme, ele não merece o direito vesti-lo. Isso carrega a lição de que ser herói é muito mais os valores que carregamos do que um uniforme maneiro cheio de recursos ou os poderes que possuímos e também entrega o que é com toda a certeza a melhor coisa do filme: O Aranha com o uniforme caseiro.

O Abutre de Michael Keaton

Resultado de imagem para spider man homecoming villain

Vingança a Tony Stark! Só que não, Michael Keaton nos entrega um vilão decente, algo reforçado pelo talento impecável do ator e também pela caracterização do mesmo, onde em minha opinião, apresenta uma das melhores adaptações de trajes dos últimos tempos. Sua postura como antagonista é algo que imploramos muito nas tramas recentes de heróis e que só havia sido trazido de forma aceitável por Loki (Tom Hiddleston) até o momento pela Marvel. O fato é que o que temos aqui não é alguém que deseja destruir desenfreadamente o mundo sem motivo algum, mas sim, alguém ganancioso disposto a apenas se livrar de qualquer um que entre no seu caminho com intenção de atrapalha-lo. Vemos também alguém preocupado com sua família, e também disposto a fazer de tudo para protegê-la. No geral, um típico vilão de quadrinhos.

Conclusão

Resultado de imagem para spiderman tom holland

O maior pecado do filme é o peso incumbido por muitos na mesma (O famoso Hype), a responsabilidade de com ele termos o Homem-Aranha definitivo e não é nada disso. De volta ao lar, não é um “Iron Man 4”, nem muito menos um filme cheio de batalhas grandiosas e faíscas para todos os lados como nas tramas de seus antecessores (Tobey Maguire e Andrew Garfield), na realidade, o que é entregue se assemelha mais a um filme sobre amizade, família, humor adolescente e acima de tudo: O real valor de Peter Parker. Acho que se cada pessoa que possui a pretensão de assisti-lo ir de mente vazia com certeza dará muitas risadas, se impressionará com o sentimento que Tom Holland consegue transmitir na pele do herói, entenderá muitas referências (O capitão entraria em overdose) tanto de seus antecessores nas telinhas quanto dos quadrinhos e de sátiras a personagens como o Batman (Onde temos uma das cenas mais engraçadas do filme) e o Flash.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Os irmãos mais retardas na GGRF 2018!

Os irmãos mais retardas na GGRF 2018!

[CRÍTICA] Os Incríveis 2 | O mundo sempre volta a ficar em perigo

[CRÍTICA] Os Incríveis 2 | O mundo sempre volta a ficar em perigo

Steve Ditko, co-criador do Homem-Aranha e Doutor estranho, morre aos 90 anos

Steve Ditko, co-criador do Homem-Aranha e Doutor estranho, morre aos 90 anos

Dicas para aproveitar a GGRF 2018!

Dicas para aproveitar a GGRF 2018!

NOSSO INSTAGRAM

v4.5-NewHorizon - crafted with ♡ by @mattzbarbosa
© 2018. O Mestre da HQ - Todos os direitos reservados